PUBLICIDADE
Topo

Broadway comemora retorno de seus musicais

A Broadway reabriu para seus grandes musicais e espetáculos após um ano e meio de fechamento por causa da pandemia - Reprodução/Instagram
A Broadway reabriu para seus grandes musicais e espetáculos após um ano e meio de fechamento por causa da pandemia Imagem: Reprodução/Instagram

da AFP, em Nova York

15/09/2021 11h00

A Broadway comemorava nesta terça-feira o retorno de alguns de seus musicais mais importantes após uma paralisação de 18 meses, um momento histórico na recuperação pós-pandemia de Nova York.

"Hamilton", "Wicked", "O Rei Leão" e "Chicago" retomam suas apresentações, para o deleite e alívio da indústria e dos amantes do teatro.

Shows da Broadway permanecem fechados em Nova York devido à pandemia do coronavírus - Getty Images - Getty Images
Shows da Broadway permaneceram fechados em Nova York por 18 meses
Imagem: Getty Images

"A Broadway está de volta e é algo divertido para todos", disse Jenni Milanoski, que veio de Boston com a filha na expectativa de assistir a "Hamilton". Elas fizeram reserva em um hotel que fica em frente ao teatro Richard Rodgers, para que Jenni pudesse entrar na fila às 5 horas e tentar comprar os ingressos. Às 10h15, um cancelamento lhe permitiu garantir as vagas.

Os teatros da Broadway reabriram gradualmente ao longo de setembro, mas ontem houve o retorno simultâneo de alguns de seus shows mais populares. O ex-governador Andrew Cuomo cravou como 14 de setembro a data de reabertura da Broadway.

O público deve estar vacinado, assim como os artistas e funcionários do teatro. O uso da máscara durante os espetáculos é obrigatório.

Mecca, que viajou a Nova York de Buffalo, norte do estado, esperava assistir a "Waitress", que reabriu no começo do mês. "Tentamos vir todos os anos para ver alguns espetáculos, de forma que a reabertura é maravilhosa. Sentíamos falta, não existe emoção como esta."

A retomada dos shows acontece em uma cidade que ainda sofre com a escassez de turistas, que representam dois terços do público da Broadway. Mas os teatros acreditam que os moradores da cidade e aqueles que puderem visitá-la estão ávidos para voltar a assistir a uma apresentação ao vivo.

"Esta é uma grande noite para o retorno de Nova York", comemorou o prefeito Bill de Blasio. "A Broadway está em nossa alma e nosso coração."