PUBLICIDADE
Topo

Nossa Cozinha

Restaurante abre mais cedo para atender criança de 3 anos com câncer

Adelaide Stankey realizou o desejo de comer em seu restaurante favorito - Facebook/Vanlam Nguyen
Adelaide Stankey realizou o desejo de comer em seu restaurante favorito Imagem: Facebook/Vanlam Nguyen

Do UOL

19/02/2020 12h39

A pequena Adelaide Stankey, de apenas três anos, teve um sonho realizado após sete meses de tratamento contra a leucemia.

Ela queria jantar em seu restaurante predileto, chamado JWilson's, no Texas (EUA), mas não podia frequentar locais com muitas pessoas por causa de sua imunidade baixa. Seu pai, descontente por não poder realizar o desejo da filha, conversou com colegas sobre a frustração.

E quem tem amigos tem tudo. Eles ligaram para o estabelecimento, que não só abriu quase duas horas mais cedo, como foi todo decorado de rosa, a cor predileta da menina. Além disso, ofereceram sua comida favorita: biscuits, uma espécie pãozinho tradicional no sul dos EUA à base de farinha de trigo, leite e manteiga.

Para finalizar a tarde feliz de Adelaide, o restaurante não cobrou nada pela ocasião especial.