PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Tumulto no Bayern pode dar chance ao Dortmund em clássico, diz Matthaeus

02/12/2021 15h44

BERLIM (Reuters) - Os problemas do Bayern de Munique fora do campo com uma reunião anual geral tumultuada e um debate sobre vacinas enquanto os jogadores estão em quarentena podem dar uma vantagem ao Borussia Dortmund no clássico da liga alemã no final de semana, disse Lothar Matthaeus, ex-capitão da seleção da Alemanha, nesta quinta-feira.

Os bávaros viram membros do clube protestarem na reunião anual geral da semana passada contra o atual acordo de patrocínio da Qatar Airways devido ao histórico de direitos humanos do país-sede da empresa aérea, e meia dúzia de jogadores está em uma quarentena relacionada com a Covid-19.

A maioria deles já voltou ao elenco, mas o meio-campista Joshua Kimmich ficará fora do confronto de sábado por ter sido diagnosticado com coronavírus, o que o manterá em isolamento.

Kimmich, membro da seleção alemã que não está vacinado, está no centro do debate sobre a vacinação dos jogadores do Campeonato Alemão.

"O Bayern tem problemas, estão sem Kimmich, há muitas discussões em torno do time e talvez eles não tenham a mesma concentração de antes", disse Matthaeus, campeão da Copa do Mundo de 1990 com a Alemanha e ex-capitão do Bayern em uma mesa redonda de mídia virtual.

"Não está nada pacífico em Munique ultimamente, e talvez isto esteja perturbando a concentração. O Dortmund tem chance de vencer porque Erling Haaland voltou."

Torcedores de todo o país estão desesperados para ver uma disputa de título mais acirrada do que em temporadas anteriores em que o Bayern dominou, mas para isso acontecer o Dortmund precisa evitar uma derrota, disse Matthaeus.

(Por Karolos Grohmann)

Esporte