PUBLICIDADE
Topo

Esporte

An San supera críticas ao corte de cabelo e leva terceiro ouro em Tóquio

30/07/2021 11h57

Por Ju-min Park

TÓQUIO (Reuters) - An San manteve a bandeira da Coreia do Sul no lugar mais alto do pódio do tiro com arco feminino da Olimpíada nesta sexta-feira ao conquistar o título individual para se tornar a primeira arqueira a vencer três medalhas de ouro em uma única edição dos Jogos.

A sul-coreana de 20 anos, que já havia levado os títulos por equipes no feminino e na disputa mista, tornou-se alvo de hostilidade na internet após adotar um corte curto de cabelo que foi rotulado como “feminista” por alguns usuários nas redes sociais.

Esse termo ficou associado a um crescimento de sentimento misógino entre jovens homens sul-coreanos.

Quando ela falou com repórteres, seu treinador interveio e disse para que não fosse feita nenhuma pergunta não relacionada à competição. Ela própria se recusou a responder sobre o bullying online.

Tradicionalmente dominante no esporte, a equipe feminina da Coreia do Sul levou o ouro pela nona vez consecutiva, igualando o recorde geral da Olimpíada.

An também se tornou a primeira pessoa sul-coreana a levar três medalhas de ouro em uma única edição dos Jogos.

(Reportagem de Ju-min Park)

Esporte