PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Abel Braga confirma aposentadoria como treinador

Esporte News Mundo (redacao@esportenewsmundo.com.br)

29/06/2022 10h04

Na manhã desta quarta-feira (29), o futebol brasileiro teve a confirmação da aposentadoria de um dos maiores treinadores do país. Após 37 anos de carreira, e diversos títulos de expressão, Abel Braga confirmou que não trabalhará mais a beira do campo. O profissional toma essa decisão após começar o ano no Fluminense, mas deixar o comando por conta de uma eliminação na Sul-Americana.

A confirmação da aposentadoria veio por meio de uma entrevista de Abel Braga ao portal “GE”. “Todo mundo reclama do número de jogos, que é muito grande. Eu não estava aguentando mais esse número de viagens. Não deu. Não aguentei, estava muito pesado”, disse o agora ex-treinador Abel Braga.

Apesar de não ter mais condições, segundo ele próprio, de estar a beira do gramado, Abel Braga afirmou ainda querer permanecer no mundo do futebol. O ex-treinador vê com bons olhos a possibilidade de virar coordenador técnico, seguindo os passos de Paulo Autuori, com quem trabalhou no Fluminense e, agora, está no Internacional. Curiosamente os dois times em que o comandante mais teve sucesso na carreira.

Para saber tudo sobre o Futebol brasileiro, siga o Esporte News Mundo no TwitterFacebook e Instagram.

CARREIRA LONGA E DE SUCESSO

Abel Braga, portanto, pôs fim a uma longa carreira de treinador, que durou 37 anos. Ainda em 1985, migrou de jogador para técnico no Goycataz, do Rio de Janeiro. Após bom começo, ganhou oportunidade no futebol de português para, somente depois, retornar ao Brasil e começar sua extensa carreira passando por vários clubes e conquistando diversos títulos.

Somente no Brasil, Abel Braga treinou os quatro grandes do Rio de Janeiro (Botafogo, Vasco da Gama, Flamengo e Fluminense), as três principais equipes do Paraná (Coritiba, Athletico e Paraná Clube), os dois gigantes de Minas Gerais (Cruzeiro e Atlético-MG) e o Internacional no Rio Grande do Sul. Além desses clubes históricos, o comandante ainda passou, no país, por Galícia, Bahia e Vitória, na Bahia, Santa Cruz, de Pernambuco, e Ponte Preta, de Campinas.

Dentre os títulos de Abel Braga, foram diversos estaduais, mas os principais conquistados por Internacional e Fluminense. Pelo Tricolor, entrou para a história ao levar o título do Campeonato Brasileiro de 2012, e também levantou o último troféu da carreira, no Carioca deste ano. Ao todo, foram quatro passagens pelo time do Rio de Janeiro.

Se no Fluminense o histórico foi positivo, no Internacional entrou para a história. Sob o comando de Abel Braga, o Colorado conquistou o maior título nos mais de 100 anos do clube. No Japão, conseguiu parar o Barcelona de Ronaldinho e garantir o primeiro, e único, troféu de campeão Mundial de Clubes da equipe gaúcha, depois de ter erguido, também a Copa Libertadores. Ao longo de sete passagens por Porto Alegre, teve grandes momentos, sendo, a última, marcada pelo vice-campeonato brasileiro – por um gol – na temporada de 2020, em que foi coroado, também, melhor técnico da competição.

Futebol