PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Presidente da Sampdoria é preso após falir quatro empresas

Esporte News Mundo (redacao@esportenewsmundo.com.br)

06/12/2021 19h59

Nesta segunda-feira (6), mais um caso de corrupção no futebol. O presidente da Sampdoria, Massimo Ferrero, foi preso, em Milão, em uma investigação sobre a falência de quatro empresas. As companhias operavam nos setores de hotelaria, turismo e cinema. Ambas ficavam no munícipio de Acquappesa.

O presidente do clube está na prisão de San Vittore. Outras cinco pessoas cumprem prisão domiciliar enquanto a investigação estiver acontecendo. Entre elas, Vanessa Ferrero, filha de Massimo, que é acusada de roubar 740 mil euros (cerca de R$ 4,8 milhões) de uma das empresas. A falência das companhias aconteceu há quatro anos.

A Sampdoria publicou uma nota oficial se dizendo surpresa com tudo o que está acontecendo com seu presidente e se colocou à disposição para ajudar nas investigações. Vale ressaltar que a equipe não tem nenhum envolvimento no caso.

A Samp está na 15ª colocação do Campeonato Italiano, com 15 pontos, cinco a mais que o primeiro na zona de rebaixamento. A equipe tem 22 gols prós e 32 contra na Serie A. O time vive um momento delicado dentro e fora das quatro linhas. E, além do presidente, para piorar, realiza um clássico contra o Genoa, nesta sexta-feira (10). O confronto se chama Derby della Lanterna. O duelo é direto, já que os rivais estão na luta para não cair também.

Futebol