PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Ranielle Ribeiro, técnico do Campinense, projeta temporada do clube para 2022: 'Vamos trabalhar muito'

Esporte News Mundo (redacao@esportenewsmundo.com.br)

30/11/2021 14h37

O Campinense disputará a Série C em 2022, o elenco é qualificado, não faltou força de vontade e raça para conseguir o acesso. A Raposa criou casca durante a competição, eliminou equipes consideradas favoritas ao acesso e chegou na final do Brasileirão, ficando com o vice e conquistando o acesso. Porém, a equipe tem uma peça-chave e ela se chama: Ranielle Ribeiro.

O treinador potiguar foi essencial na temporada. Sempre muito enérgico à beira do campo, ele tem um jeito singular de treinar e motivar a equipe. Pelo Campinense, Ranielle fez 30 jogos, com 13 vitórias, 14 empates e somente 3 derrotas, de quebra conquistou o campeonato estadual que não vinha desde 2016 e o acesso à Serie C do Brasileirão. E o professor falou sobre seus números e conquistas com a equipe.

"Nossos números no Campinense são muito bons, Graças a Deus. Mas é fruto de todo um processo de trabalho, com a confiança da diretoria, a qualificação da comissão técnica, e principal é a disposição e qualidade dos jogadores, assim que se forma um grupo vencedor. Por isso esses números tão expressivos", disse Ranielle Ribeiro.

"O balanço é positivo, quando eu peguei o time, no Campeonato Paraibano (segunda rodada), a equipe era lanterna do estadual e conseguimos ser campeões, perdendo só um jogo. Começamos na Série D com uma equipe muito equilibrada, chegando em uma final de Brasileirão", continuou o treinador.

E o treinador também comentou o que espera para a próxima temporada, já visando o estadual, Copa do Brasil e o Brasileirão da Série C.

"Nossa motivação para continuar em 2022 é não reformular tanto o grupo, pelo contrário. Nós mantivemos a maioria do plantel, porque sabemos do potencial de cada um deles, em cima disso vislumbramos um ano seguinte tão forte quanto foi esse, claro que as competições vão aumentar os níveis. Mas o que nos condiciona a ter uma vantagem em relação a alguns adversários, na questão de já se conhecer e jogar junto. Tudo isso nos faz vislumbrar um 2022 muito forte e vamos trabalhar muito e nos concentrar para que isso aconteça. Vamos viver as primeiras três competições (estadual, Copa do Brasil e Copa do Nordeste, e tem a última (considerada principal para a equipe) que é a Série C, então vamos usar as outras competições como preparativos para a disputa do Brasileirão", completou o comandante.

Futebol