PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Tardelli volta a marcar um gol após 234 dias e é decisivo para o Santos

Esporte News Mundo (redacao@esportenewsmundo.com.br)

28/10/2021 05h06

Na última quarta-feira (27), o Santos voltou a vencer e convencer. Dentro de casa, o Peixe foi intenso, ofensivo e venceu o Fluminense por 2 a 0. O segundo gol teve uma importância diferente por ser feito por Diego Tardelli. O camisa 99 votou a encontrar as redes após 234 dias.

Quer ficar por dentro de tudo sobre o Peixe? Então siga o Esporte News Mundo no TWITTERINSTAGRAM e FACEBOOK. E não se esqueça de se inscrever no nosso canal no YOUTUBE!

A última vez que o atacante havia feito um gol era em 7 de março deste ano, contra o Uberlândia, ainda pelo Atlético-MG. A espera de 234 dias acabou em um momento bastante especial e foi decisivo para o Santos.

O Peixe dominou a primeira etapa e conseguiu abrir o placar com Madson. No segundo tempo, os donos da casa viram o Fluminense crescer na partida. Mas aos 17 minutos, o autor do primeiro gol recuperou a bola em um saída errada de Marcos Felipe, tabelou com Marinho, e encontrou o camisa 99 na área para fazer a função de centroavante e balançar as redes. A partir daí, o Santos retomou o controle do jogo e conseguiu conduzir a vitória até o final da partida.

Depois do jogo, o Diego Tardelli comemorou seu reencontro com as redes e comentou que o técnico Fábio Carille pediu que ele ficasse mais próximo do gol

– Estando bem fisicamente, com essa confiança que o gol me dá mais ainda, vou melhorar. Já joguei em outros clubes de 9 ou com mais movimentação. Vai do que o professor pedir taticamente e do que vamos encontrar no adversário. E que bom que tenho essa leitura de jogo – disse Diego Tardelli.

LEIA MAIS NOTÍCIAS SOBRE O PEIXE:

+Edu Dracena diz que foi "convocado" para o novo cargo no Santos e recebe "carta branca" do presidente

+Escalação do Santos: Carille coloca Robson e Marcos Guilherme no time titular e tira Sánchez

+André Mazzuco deixa o Santos e deve ser substituído por Edu Dracena

+Respirou! Intenso, Santos volta a jogar bem e vence o Fluminense na Vila

– Passa um filme na cabeça com esse gol, desde a base, toda a trajetória… Mais feliz ainda pela minha dedicação. Com 36 anos, muita gente fala que estamos ultrapassados, que não conseguimos correr. Posso provar em campo como sempre fiz na minha carreira toda. Sei do potencial e estou aqui por ter capacidade e poder mostrar meu futebol. Provar para essas pessoas que tenho dois ou três anos para brilhar no futebol – comentou posteriormente.

Futebol