PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Acusação de violência doméstica contra Chuck Liddell é arquivada pela polícia

Esporte News Mundo (redacao@esportenewsmundo.com.br)

19/10/2021 13h58

Ex-campeão do UFC e um dos maiores nomes da história do MMA, Chuck Liddell não será processado pela acusação de violência doméstica contra a esposa, Heidi. A Promotoria de Justiça de Los Angeles decidiu arquivar o caso, que resultou na prisão do ex-lutador na última semana.

A informação do TMZ é que a promotoria decidiu pelo arquivamento do caso por não notar durante a investigação indícios de que Liddell teria agredido a esposa. Segundo os depoimentos do casal e da filha, houve sim uma discussão familiar, mas sem qualquer agravante violento que pudesse encaminhar um processo ao ex-lutador por agressão à esposa.

O site coloca um dos depoimentos, este da filha do ex-campeão do UFC, no qual disse ter testemunhado os pais trocando empurrões durante a discussão. Na investigação, foi notado que Heidi não tinha ferimentos visíveis e que o ex-lutador tinha uma marca aparente de ferimento em sua face. Detalhes sobre a discussão em si não foram revelados.

LEIA MAIS

+ Norma Dumont pede disputa por cinturão interino dos penas no UFC

+ Amanda Ribas fala da próxima luta no UFC, das incertezas da carreira e da adolescência como Judoca

+ DJ italiano acusa Conor McGregor de tê-lo agredido com um soco em boate

Chuck Liddell fora preso por acusação de violência doméstica na última semana, sendo solto logo em seguida mediante fiança. Posteriormente, em nota, afirmou que pediu para ser preso para ‘proteger uma situação de saúde mental’ em sua família e que, na verdade, era ele quem fora agredido pela esposa durante a discussão. Porém detalhes maiores sobre o caso não foram revelados ou até mesmo a origem da discussão que teria resultado no chamado à polícia em Hidden Hills, onde o ex-lutador mora.

Segundo informações, o ex-campeão do UFC entrou no final da última semana com um pedido de divórcio de sua esposa.

Futebol