PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Contratações de Léo Baptistão e Diego Tardelli não foram unanimidade no CG do Santos

Esporte News Mundo (redacao@esportenewsmundo.com.br)

27/09/2021 18h08

O Santos divulgou nesta segunda-feira (27), as atas do mês de agosto do Comitê de Gestão do clube. No documento da 35ª ata, consta que as contratações de Diego Tardelli e Léo Baptistão não foram unanimidade entre os membros do CG.

QUER FICAR POR DENTRO DE TUDO SOBRE O PEIXE? ENTÃO SIGA O ESPORTE NEWS MUNDO NO TWITTERINSTAGRAM E FACEBOOK. E NÃO SE ESQUEÇA DE SE INSCREVER NO NOSSO CANAL NO YOUTUBE!

No caso de Léo Baptistão, o presidente do clube, Andres Rueda, apresentou uma proposta que levava em conta que o atleta havia rescindido seu contrato com um clube chinês. Além disso, o atacante assinaria um termo de responsabilidade para se comprometer a manter o Santos indene em relação à sua rescisão junto ao clube da China.

Posteriormente, a contratação do atacante foi aprovada por cinco votos a dois, constando a ausência de José Berenguer no momento da votação. Walter Schalka e Ricardo Campanário ponderaram que consideravam a negociação inadequada, em um momento em que o clube requeria austeridade diante da situação financeira. Entretanto, Andres Rueda, o vice-presidente José Carlos de Oliveira, Vitor Sion, Rafael Leal e Dagoberto Oliva formaram maioria para que a negociação avançasse.

A situação de Diego Tardelli foi um pouco mais apertada. Walter Schalka, José Berenguer e Ricardo Campanário foram contrários à contratação, utilizando os mesmos argumentos relacionados à austeridade no caso de Léo Baptistão. Além disso, os três membros consideraram inadequada a contratação de um atleta que estava inativo desde maio, e que teria, segundo eles, baixa probabilidade de alta performance.

Novamente, Andres Rueda, José Carlos de Oliveira, Vitor Sion, Rafael Leal e Dagoberto Oliva formaram maioria e finalizaram a votação em cinco votos a três.

LEIA MAIS NOTÍCIAS SOBRE O PEIXE:

+'Tomamos um gol muito infantil, de criança', diz Velázquez após derrota para o Juventude

+Ariel Holan, ex-treinador do Peixe, é campeão com time mexicano

+Santos é derrotado pelo Juventude por 3 a 0

+Filme de drama repetido: Santos chega a dez jogos sem vencer e sofre com bolas aéreas e falta de pontaria

Na reunião seguinte, os membros do Comitê de Gestão analisaram as contratações de Emiliano Velázquez e Jandrei. Enquanto a negociação com o zagueiro uruguaio foi aprovada por unanimidade, o goleiro enfrentou mais dificuldades, uma vez que Ricardo Campanário e Walter Schalka foram contra, constando a ausência de José Berenguer nas duas votações.

Futebol