Topo

Esporte


Ribéry e Robben marcam, Bayern de Munique goleia e é campeão alemão

18/05/2019 12h27

Redação Central, 18 mai (EFE).- O Bayern de Munique goleou neste sábado o Eintracht Frankfurt por 5 a 1, com direito a gols de Franck Ribéry e Arjen Robben, que estão de saída do clube, e conquistou pela 29ª vez na história o título do Campeonato Alemão, ampliando ainda mais a esmagadora hegemonia que tem no futebol local.

Em vantagem na disputa com o Borussia Dortmund, o time bávaro não demorou para abrir o placar na Allianz Arena, com gol do atacante francês Kingsley Coman, logo aos 4 do primeiro tempo. Pouco depois, o atacante polonês Robert Lewandowski chegou a ampliar, mas o árbitro Sascha Stegemann invalidou o lance com auxílio do VAR.

Na etapa complementar, os visitantes até tentaram jogar água no chope do Bayern - embora o empate só tirasse o título da equipe se a equipe aurinegra vencesse o Borussia Mönchenglabdach por 16 gols de ddiferença -, com gol do atacante francês Sébastien Haller, que entrado em campo no intervalo, aos 5.

Três minutos depois, o lateral-esquerdo austríaco David Alaba recolocou o time de Munique na frente. Já aos 13, foi a vez do meia português Renato Sanches anotar o terceiro e, praticamente, selar a conquista do título.

Aos 16 do segundo tempo, em momento de grande emoção, Ribéry e Robben, que não terão os contratos renovados, saíram do banco de reservas. O francês balançou as redes aos 27, e o holandês aos 33, dando números finais ao duelo.

Outro que está de saída é o lateral-direito brasileiro Rafinha, que junto com os dois companheiros, foi homenageado antes da bola rolar. O alvo de Flamengo, no entanto, não saiu do banco de reservas e terá a chance de se despedir na final da Copa da Alemanha, daqui uma semana, em duelo com o RB Leipzig.

Com a vitória, o Bayern chegou aos 78 pontos e se manteve com dois a mais que o Borussia Dortmund, que fez o dever de casa na última rodada, ao ganhar do xará Mönchenglabdach por 2 a 0. O jovem atacante inglês Jadon Sancho e o meia-atacante alemão Marco Reus marcaram os gols da partida.

Na história do futebol alemão, o time de Munique alcançou a marca de 29 títulos, sendo os sete últimos de maneira consecutiva. O segundo maior campeão nacional é o Nuremberg, com nove taças, seguido Dortmund, que acumula oito.

Além do título, estava em jogo neste fim de semana a configuração das vagas continentais. O Bayer Leverkusen, que flertou com o rebaixamento no início da temporada e só entrou no G-6 no returno, alcançou pela primeira vez na temporada a quarta posição, ao vencer o Hertha Berlim por 5 a 1, fora de casa.

O artilheiro da equipe rubro-negra, que disputará assim a próxima edição da Liga dos Campeões, foi o atacante argentino Lucas Alario, que balançou a rede três vezes. Os atacantes alemães Kai Havertz e Julian Brandt também marcaram. O atacante austríaco Valentino Lazaro descontou para os anfitriões.

O Borussia Mönchengladbach, com a derrota para o Dortmund, ficou fora da 'Champions' e terá que se contentar com vaga direta na fase de grupos da Liga Europa, feito também alcançado pelo Wolfsburg, que massacrou hoje o Augsburg, com goleada por 8 a 1. O atacante holandês Wout Weghorst foi o nome do jogo, com três gols.

O sétimo lugar acabou com o Eintracht Frankfurt, graças ao Mainz 05, que arrancou virada sobre o Hoffenheim, em casa, por 4 a 2, depois de ter virado o primeiro tempo perdendo por dois gols de diferença. O atacante holandês Jean-Paul Boetius foi o destaque dos anfitriões, ao mexer no placar duas vezes.

O Werder Bremen, que sonhava com a Liga Europa, chegou a vencer o terceiro colocado RB Leipzig,por 2 a 1, mas não conseguiu a vaga continental, ao terminar a temporada na oitava posição do Alemão.

Em outros jogos de hoje, o Fortuna Düsseldorf bateu o rebaixado Hannover 96 por 2 a 1, o Freiburg goleou o Nuremberg, que também caiu, por 5 a 1, e o Schalke 04 e Stuttgart - que deverá disputar repescagem para tentar seguir na elite -, empataram em 0 a 0. EFE

Mais Esporte