PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Huddersfield aciona polícia após jogador receber mensagem racista

Philip Billing, jogador do Huddersfield Town - William Early/Getty Images
Philip Billing, jogador do Huddersfield Town Imagem: William Early/Getty Images

13/03/2019 10h52

Londres, 13 mar (EFE).- O Huddersfield Town acionou a polícia do condado de West Yorkshire após o meia dinamarquês Philip Billing, de 22 anos, ter recebido um insulto racista pelas redes sociais, informou a imprensa inglesa nesta quarta-feira (13).

Billing, que tem ascendência nigeriana, foi chamado de "negro burro" em mensagem enviada por um usuário do Instagram que também pediu a saída do jogador do clube.

"Não quero lhe ver nunca mais com uma camisa do Huddersfield, inútil, negro burro", diz a mensagem recebida por Billing na plataforma.

Ao tomar ciência do fato, o clube informou em comunicado que não tolera discriminações e que já encaminhou o caso à polícia West Yorkshire.

"O Huddersfield Town não tolera nenhum tipo de abuso e tem tolerância zero com qualquer forma de discriminação. Cooperaremos completamente com a polícia para conduzir esta situação", explicou o clube, que atualmente ocupa a última posição do Campeonato Inglês.

Esporte