PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Arsenal sofre 3 gols de cabeça e perde longa invencibilidade; Chelsea vence

16/12/2018 14h46

Londres, 16 dez (EFE).- O Arsenal perdeu uma invencibilidade de 22 partidas consecutivas neste domingo ao ser derrotado pelo Southampton, até então vice-lanterna, em jogo válido pela 17ª rodada do Campeonato Inglês, enquanto o Chelsea manteve o embalo na competição ao derrotar o Brighton por 2 a 1.

Os 'Gunners' não eram batidos desde 18 de agosto, quando caíram diante justamente dos 'Blues'. Desde então, somou 17 triunfos e cinco empates, incluindo partidas pelo Inglês e pela Liga Europa, em que avançou para a fase de 16 avos de final com a liderança de sua chave.

Entretanto, o Southampton, que tenta reagir na Premier League sob comando do técnico Ralph Hassenhüttl, vice-campeão alemão pelo RB Leipzig na temporada 2016-2017, encontrou o caminho das pedras: as jogadas aéreas.

Ings, emprestado aos 'Saints' pelo Liverpool, aproveitou o erro de tempo de bola de Koscielny, que não jogava desde abril, e cabeceou para a rede aos 20 minutos do primeiro tempo. Mkhitaryan empatou aos 28, depois de cruzamento rasteiro de Monreal, mas ainda antes do intervalo, aos 41, Redmond fez o chuveirinho e Ingns assinalou mais um com um cabeceio colocado.

Mkhitaryan empatou novamente aos oito minutos da etapa final. Lacazette roubou a bola de Oriol Romeu e tocou para o armênio, que ainda contou com desvio na defesa para fazer o 2 a 2.

O Arsenal foi para cima, mas levou o terceiro em falha de Leno. Long levantou da direita, o goleiro alemão saiu mal e Austin desempatou, aos 35 minutos.

A derrota manteve os 'Gunners' na quinta posição, com 34 pontos, enquanto o Southampton subiu para 17º, com 12, e deixou a zona de rebaixamento.

O Chelsea, por sua vez, ainda é quarto colocado, fechando a zona de classificação para a Liga dos Campeões. Os 'Blues' chegaram a 37 pontos ao derrotarem o Brighton, dono do 13º lugar, no Amex Stadium.

Pedro, aos 17 minutos, e Hazard, aos 33, abriram 2 a 0 para o time visitante na etapa inicial. No segundo tempo, aos 21, March descontou para a equipe anfitriã, mas a reação parou por aí.

Esporte