PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Milhares de pessoas lotam centro de Buenos Aires após vitória do River

10/12/2018 03h24

Buenos Aires, 9 dez (EFE).- Entre 40 mil e 50 mil pessoas, segundo a Polícia, lotaram na noite deste domingo o centro de Buenos Aires, especialmente nos arredores do famoso Obelisco, para festejar a vitória do River Plate sobre o Boca Juniors por 3 a 1 na final da Taça Libertadores disputada em Madri.

As comemorações aconteceram em meio a um esquema de segurança que por enquanto não deixou detidos, mas sim apreensões de bebidas alcoólicas entre os torcedores, informaram à Agência Efe fontes oficiais.

Também uma multidão de torcedores se reuniu nas imediações do estádio Antonio Vespucio Liberti, mais conhecido como o Monumental de Nuñez, do River Plate, situado no bairro de Belgrano.

Desde cedo, as ruas mais centrais foram fechadas, assim como a pista de ônibus da sempre movimentada avenida 9 de julho, onde fica o Obelisco, para favorecer a chegada dos torcedores da equipe que conquistasse o título da Libertadores no estádio Santiago Bernabéu, em Madri.

Pouco depois de o River se tornar campeão, os torcedores foram chegando ao Obelisco sob a intensa chuva que caía sobre Buenos Aires, e de forma progressiva foram lotando a região.

Além disso, centenas de torcedores subiram em cima do carro e circularam pelas ruas abertas tocando a buzina, balançando bandeiras para fora da janela e cantando para seu clube.

A operação de segurança ficou a cargo da Polícia da Cidade de Buenos Aires, em parceria com a Polícia Federal, que evitaram os locais como o que obrigou a suspensão no dia 24 de novembro da primeira partida programada da volta da final.

Naquele dia, torcedores do River jogaram contra o ônibus do Boca, quando chegava ao Monumental, várias pedras e objetos que deixaram vários jogadores feridos, e nos arredores do estádio torcedores provocaram distúrbios com agentes.

Para as comemorações deste domingo no Obelisco foi colocada uma cerca com o objetivo de proteger as fachadas dos prédios, enquanto as entradas das ruas ficaram abertas para a circulação das pessoas.

Esporte