PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Villarreal suspende salário e afasta atleta detido por agressão e sequestro

Rúben Semedo, jogador do Villarreal - Stringer/AFP
Rúben Semedo, jogador do Villarreal Imagem: Stringer/AFP

23/02/2018 14h10

O Villarreal decidiu "suspender de emprego e salário" o zagueiro português Rúben Semedo, que está preso sob diversas acusações, até que tome "uma resolução definitiva do expediente disciplinar que se encontra em processo".

Em comunicado, o clube espanhol acrescenta que adotou esta decisão "sempre com o devido respeito à presunção de inocência" e que "quer mostrar a sua consternação após os graves delitos acusados".

A juíza responsável pelo caso declarou na quinta-feira a prisão provisória para Semedo, acusado de tentativa de homicídio, lesões, ameaças, detenção ilegal, posse ilícita de armas e roubo com violência por uns fatos que aconteceram no último dia 11.

Supostamente, Semedo e outras duas pessoas retiveram um homem, o ameaçaram com uma pistola e tiraram as chaves de seu apartamento para entrarem no imóvel e se apropriarem de dinheiro e objetos de valor. O jogador está recluso na prisão de Picassent, em Valência.

Futebol