PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Justiça francesa arquiva denúncia por insultos racistas a Balotelli

AFP PHOTO / PHILIPPE DESMAZES
Imagem: AFP PHOTO / PHILIPPE DESMAZES

23/02/2018 14h37

Paris, 23 fev (EFE).- A Justiça francesa arquivou nesta sexta-feira uma denúncia apresentada pelo Conselho Representativo das Associações Negras da França (CRAN) por insultos racistas feitos contra o atacante italiano Mario Balotelli, do Nice, em uma partida contra o Dijon no dia 10 de fevereiro.

A organização havia considerado que o árbitro, Nicolas Rainville, não fez nada para conter os gritos contra o jogador e considerou, portanto, que era "cúmplice" do ocorrido. A promotoria de Dijon, segundo o jornal "L'Équipe", estima que não houve infração por parte do juiz.

A Liga de Futebol Profissional (LFP) da França anunciou no último dia 12 a abertura de uma investigação paralela para saber se Balotelli foi alvo de insultos racistas nessa partida, que terminou com a vitória do Dijon por 3 a 2, e informará as conclusões no dia 15 de março.

Futebol