PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Técnico diz que Casillas foi reserva por treinar abaixo do exigido

Casillas lamenta gol sofrido pelo Porto na partida contra a Juventus - Stefano Rellandini/Reuters
Casillas lamenta gol sofrido pelo Porto na partida contra a Juventus Imagem: Stefano Rellandini/Reuters

27/10/2017 12h38

O técnico do Porto, Sérgio Conceição, explicou nesta sexta-feira que barrou o experiente goleiro Iker Casillas, escalando o português José Sá, por sentir que o espanhol vinha tendo um desempenho ruim nos treinamentos.

"Quando falo sobre opção técnica, tem a ver com o treino e com a minha liderança. A porta do vestiário está sempre aberta, e esta situação não fugiu ao que aconteceu com outros jogadores. Iker quis entender minha decisão, eu expliquei, e ele compreendeu. Ninguém no grupo estranhou porque todos conhecem as minhas regras, todos sabem que exijo esforço máximo nos treinos", declarou o treinador, em entrevista coletiva.

"Tenho que ser coerente no vestiário, independentemente de se tratar de Joaquim, Manuel ou Antonio. Se abro exceções, perco todo o grupo. Posso fechar os olhos a 15 dias de treino que não se ajustaram às minhas exigências? Não posso", acrescentou.

As explicações de Conceição foram dadas depois que nos últimos dias houve rumores na imprensa esportiva na Europa de uma possível saída de Casillas do Porto. Diante da insistência e alguns jornalistas, o ex-meia afirmou que não gosta de falar sobre situações particulares dos atletas e destacou que confia que o espanhol recuperará o bom rendimento.

O capitão da Espanha na conquista da Copa do Mundo de 2010 ficou na reserva nas três últimas partidas do Porto, na derrota para o RB Leipzig por 3 a 2, pela Liga dos Campeões, o empate com o Leixões em 0 a 0, pela Taça da Liga de Portugal, e na goleada sobre o Paços de Ferreira por 6 a 1, pelo Campeonato Português.

Futebol