PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Presidente da UEFA promete firmeza contra quem não cumprir regras financeiras

26/08/2017 09h09

Paris, 26 ago (EFE).- O presidente da Uefa, Aleksander Ceferin, prometeu mão firme contra os clubes que não cumprirem as regras de "fair play" financeiro, mas esclareceu que não há processo aberto contra o Paris Saint-Germain pela contratação de Neymar.

"Tentaremos ajudar, avisar, mas, em certa altura, não teremos medo de punir com a exclusão de competições ou a retirada de pontos", indicou Ceferin.

O dirigente da Uefa foi questionado várias vezes sobre a situação do PSG, que gastou 222 milhões de euros na contração de Neymar, gerando a suspeita de que o clube está sendo financiado pelo Catar.

"Examinamos todas as situações, sem exceção. Sou advogado e prefiro não me pronunciar até que os fatos sejam julgados. Por enquanto, não há processo aberto contra o PSG. Mas insisto: nenhum governo pode comprar um jogador", afirmou.

Esporte