PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Ex-jogador brasileiro que fez carreira na Alemanha é preso por narcotráfico

27/10/2016 15h28

Berlim, 27 out (EFE).- O ex-jogador brasileiro Marcelo Pletsch, que fez carreira em clubes como o Borussia Mönchenglabach e Kaiserslautern, foi condenado no Brasil a 9 anos e dois meses de prisão por narcotráfico, segundo o jornal alemão "Bild".

De acordo com o jornal, o atleta estava preso desde 10 de novembro de 2015. A sentença ainda não estava fixada definitivamente, mas um dos advogados de Pletsch disse ao jornal que é pouco provável que possa haver alteração no caso.

Plestch foi preso no Paraná transportando 793 quilos de maconha em um caminhão. Outros dois homens o acompanhavam quando eles foram abordados pela Polícia Militar na cidade de Toledo.

O ex-goleiro do Mönchenglabach Uwe Kamps, que jogou com Pletsch por duas temporadas, se disse consternado ao "Bild". "É uma notícia muito triste e que me consterna. Tive esperança que tudo se esclarecesse no fim", disse o ex-companheiro do brasileiro.

Plestch, que também teve passagens por Ceará e Cascavel, jogou 150 partidas como zagueiro do Mönchenglabach entre 1999 e 2005.

Esporte