Santos desafia tabu diante do América-MG no Independência para se manter no topo da Série B

Líder isolado da Série B do Campeonato Brasileiro, o Santos enfrenta o América-MG nesta sexta-feira, às 21h30, no Independência, disposto a quebrar um incômodo tabu para manter o embalo na competição: conquistar o seu primeiro triunfo na casa do adversário. O retrospecto aponta um aproveitamento de 100% para o rival mineiro que venceu todos os cinco confrontos.

Diante da difícil missão, o técnico Fábio Carille ainda vai ter de superar um importante desfalque. João Schmidt, com entorse no tornozelo direito, está fora da partida. Para o seu lugar, o treinador santista vai lançar mão do venezuelano Tomás Rincón no meio-campo.

Um dos destaques do time, o meia Giuliano deu o tom do que o Santos vai enfrentar no duelo desta sexta-feira. "O América-MG é uma equipe que está junta há mais tempo, é organizada, bem treinada e que sabe jogar essa competição. Nos preparamos para um jogo bem complicado e temos consciência da força que eles têm dentro de casa. Vamos com confiança para quebrar esse tabu", afirmou o meia.

E a classificação reflete bem o discurso do experiente jogador. O duelo que abre a rodada do final de semana na Série B coloca frente a frente o primeiro e o quarto colocados na classificação. Com três vitórias e três empates, os mineiros contabilizam 12 pontos. Com três a mais, o Santos está no topo da tabela.

Vindo de uma goleada sobre o Brusque, que fortaleceu ainda mais a confiança do grupo, o Santos vem agradando seu treinador. Carille aproveitou os trabalhos da semana para fazer ajustes e também observar os atletas que não estão tendo muitas chances na competição.

Para o duelo com o América-MG, o time paulista deve apostar em um ataque veloz e com boa movimentação para explorar os contra-ataques e também exercer uma marcação na saída de bola do adversário. No setor ofensivo, Otero deve ter a companhia de Wesley Patati e Willian Bigode no Independência.

"Precisamos apresentar um futebol consistente para impor o nosso jogo", afirmou o comandante. O mesmo discurso foi apresentado por Giuliano, artilheiro da equipe na temporada com seis gols. "Vamos tentar manter o mesmo ritmo para trazer um bom resultado lá de Minas. O Campeonato Brasileiro da Série B é muito difícil, mas estamos firmes no objetivo de levar o Santos novamente para a elite", comentou.

Do outro lado, o técnico Cauã de Almeida vem tratando a partida como uma verdadeira decisão. Para o comandante, a partida vai reunir dois candidatos ao acesso. "O Santos é uma grande equipe assim como nós. São dois favoritos ao título e vai ser uma partida importante para brigarmos pela liderança", afirmou.

FICHA TÉCNICA:

AMÉRICA-MG X SANTOS

AMÉRICA-MG - Dalberson; Mateus Henrique, Éder, Ricardo Silva e Marlon; Alê, Juninho e Moisés; Adyson (Vitor Jacaré), Renato Marques e Fabinho. Técnico: Cauã de Almeida.

SANTOS - João Paulo; JP Chermont, Gil, Joaquim e Escobar; Tomás Rincón, Diego Pituca e Giuliano; Wesley Patati, Willian Bigode e Otero. Técnico: Fábio Carille.

ÁRBITRO - Wilton Pereira Sampaio (GO).

HORÁRIO - 21h30.

LOCAL - Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG).