Teixeira diz que Patrick e Escobar estão na mira do Santos para a Série B do Brasileiro

A Série B do Campeonato Brasileiro ainda não começou, mas o Santos continua atento ao mercado para reforçar o time. Em um evento do hasteamento da bandeira no Monte Serrat, em Santos, pelos 112 anos do clube, neste sábado, Marcelo Teixeira afirmou que as negociações com o lateral-esquerdo Escobar, do Fortaleza, e com o meia Patrick, do Atlético-MG, estão avançadas. "Está tudo bem encaminhado para que haja o acerto."

O caso mais complicado seria o de Escobar, que foi trocado com o Fortaleza pelo também lateral Felipe Jonatan. Embora haja o acordo entre as diretorias, o argentino ainda não assinou o contrato e não acertou as bases salariais.

"Existia uma certa dificuldade. O Felipe acertou mais rápido, e o Escobar um pouco mais demorado porque existia, e é natural, outros valores existentes. Ele precisa se adaptar ao teto salarial do clube. Não fugiremos da nossa realidade, independentemente do nome do jogador."

A negociação com Patrick está mais adiantada. A diretoria santista apresentou uma proposta ao Atlético-MG na última sexta-feira e conta com o desejo do jogador em se transferir. Além disso, o meia não está sendo utilizado no Atlético-MG e quer voltar a ter mais minutos em campo.

"Não gosto de fazer antecipações de nomes de jogadores enquanto estamos definindo. Óbvio que existe uma tratativa junto ao Atlético-MG, essa tratativa pode ter uma solução da maneira que as diretorias estão conversando. Há a possibilidade não apenas do empréstimo, como do acerto definitivo. Acredito que esteja bem encaminhada essa questão."

O presidente santista também comentou que as conversas com Alexandre Pato, sem clube desde o ano passado, quando deixou o São Paulo, esfriaram. Há o interesse da comissão técnica e da parte do departamento de futebol, porém, o próprio Teixeira precisa ser convencido.