Duda e Ana Patrícia vencem campeãs do mundo e vão à semifinal do Finals de vôlei de praia

Duda e Ana Patrícia venceram as duas últimas partidas da fase de grupos do Finals de vôlei de praia, em Doha, e garantiram vaga direta nas semifinais, pois terminaram em primeiro lugar do Grupo A, invictas. No torneio, os líderes de cada um dos dois grupo de cinco duplas vão para as semis sem precisar passar pelas quartas de final, disputadas pelos segundos e terceiros colocados das chaves.

O segundo dia de competição de Duda e Ana Patrícia, dupla número 1 do ranking mundial, começou uma vitória em sets diretos sobre Sara Hughes e Kelly Chang, que venceram as brasileiras na final do Mundial deste ano, disputado no México, em outubro. As parciais do encontro desta quinta foram de 21/13 e 21/19, com 22 pontos de Ana Patrícia, incluindo dois aces e dois bloqueios. Hughes e Chang, favoritas na briga pelo título, estão eliminadas.

No jogo seguinte, a dupla do Brasil teve um pouco mais dificuldade e precisou de três sets para bater as canadenses Melissa Humana-Paredes e Brandie Wilkerson por 2 a 1, com parciais de 21/17, 15/21 e 17/15. Mais uma vez, Ana Patrícia foi a maior pontuadora, com 25 pontos, cinco deles em bloqueios. Apesar da derrota, Melissa e Brandie avançaram às quaras de final.

No Grupo B, a briga pela classificação continua aberta, com brasileiras na disputa. Nesta quinta, Tainá e Victoria perderam por 2 a 0 (15/21 e 18/21) para as holandesas Stam e Schoom, mas venceram as suíças Huberli e Brunner. Na sexta, jogam contra as australianas Mariafe e Clancy por vaga nas quartas de final.

Duda e Ana Patrícia encaminharam a classificação às semifinais do Finals do circuito mundial de vôlei de praia, nesta quarta-feira, em Doha, no Catar. A dupla número 1 do mundo venceu as duas partidas que disputou. Depois de bater as letãs Tina e Anastasija por 2 sets a 1, parciais de 21/13, 12/21 e 15/9, superou as alemãs Müller e Tillmann por 2 sets a 0, com parciais de 21/16 e 24/22.

Entre os homens, o Brasil garantiu vaga nas quartas de final, com George e André, que venceram os italianos Carambula e Ranghieri por 2 sets a 0 (21/17 e 22/20) no primeiro jogo do dia. Depois, bateram os alemães Ehlers e Wicklen, também sets diretos (21/15 e 21/16).

Esta é apenas a segunda edição do Finals, formato que estreou no circuito na temporada passada, quando Duda e Ana Patrícia foram vice-campeãs, derrotadas por Hughes e Cheng, dos Estados Unidos, na final, assim como ocorreu no Campeonato Mundial deste ano. Mesmo com a derrota para as americanas há dois meses, as brasileiras continuaram no topo do ranking e chegaram ao Finals entre as favoritas. O ótimo desempenho deste ano as colocou como concorrentes ao prêmio de Melhor Atleta do Ano do Comitê Olímpico do Brasil (COB), ao lado da tenista Beatriz Haddad Maia e da ginasta Rebeca Andrade.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes

As mais lidas agora