Brasil perde da Holanda e se complica na busca pelas quartas de final do Mundial de Handebol

A seleção brasileira feminina já não depende mais de suas forças para avançar às quartas de final do Campeonato Mundial de Handebol da Escandinávia (Dinamarca, Suécia e Noruega). A equipe abriu a segunda fase com derrota para a Holanda, por 35 a 27, e agora depende de combinação de resultados para avançar entre as oito melhores.

Depois de fechar a primeira fase com tropeço diante da favorita Espanha, por 27 a 25, a equipe nacional se viu obrigada a ganhar todos os jogos da segunda fase para não depender de tropeços das rivais na luta pelo Top 8. Mas o revés desta quarta no Main Round complicou.

Como a Espanha também ganhou seu jogo, divide a liderança com a Holanda, ambas com quatro vitórias - trazem os resultados da primeira fase. O Brasil, superado, fica com apenas dois triunfos e tendo de ganhar de Argentina e República Checa e ainda torcer para que as fortes europeias percam seus jogos contra as checas e a Ucrânia, respectivamente.

Apenas as duas melhores da chave avançam à fase de mata-mata e o Brasil já pode ser eliminado na sexta-feira, dia em que volta à quadra para encarar a rival Argentina, com duelo agendado para 11h30 de Brasília.

No jogo desta quarta-feira, diante da Holanda, o Brasil jamais conseguiu equilibrar as ações e acabou não ameaçando em momento algum o triunfo das fortes adversárias, que foram ao descanso com vantagem de 18 a 13. O segundo tempo foi semelhante e nem mesmo os sete gols da armadora Kelly Rosa foram suficientes para evitar o revés por 35 a 27.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes