Neo Química Arena deve receber jogo do Miami Dolphins na NFL em setembro de 2024

A NFL deve desembarcar no Brasil em 2024. Com um mercado crescente no País, o futebol americano quer angariar mais fãs. A previsão é de que um jogo do Miami Dolphins, na primeira semana da temporada regular, aconteça em São Paulo, na Neo Química Arena, a casa do Corinthians.

A Neo Química Arena venceu a concorrência com os estádios dos rivais do Corinthians: o Allianz Parque, do Palmeiras, e o Morumbi, do São Paulo. Ainda não há detalhes sobre datas exatas. A informação sobre a escolha da casa corintiana foi dada primeiramente pela Itatiaia, enquanto a ESPN aponta a possível realização da partida em setembro de 2024.

A NFL tem explorado mercados europeus, levando partidas oficiais nos últimos anos para outros países. Em outubro de 2023, foram realizados jogos em Londres. Em novembro, houve duelos em Frankfurt, na Alemanha.

Além do Brasil, a Espanha também é um país analisado pela NFL para expandir suas visitas em 2024. Madri, com dois grandes estádios (Santiago Bernabéu e Metropolitano), está no radar. Uma dúvida que ainda resiste se dá sobre qual dos dois países terá prioridade para receber a liga.

Uma prova de que o Brasil consome o futebol americano se dá pelo fato de que a conta da NFL Brasil foi a primeira entre todas do cenário internacional da liga a alcançar a marca de 1 milhão de seguidores. De acordo com dados do Ibope Recupom, da última pesquisa divulgada em fevereiro de 2023, o Brasil tem 35,4 milhões de fãs de futebol americano. Há dez anos, esse número era de 3 milhões.

Do universo do levantamento, que representa 110,5 milhões de internautas brasileiros com 18 anos ou mais, 32% se declararam interessados ou muito interessados pela modalidade. Ainda de acordo com a pesquisa, 51% desse público é do sexo masculino, sendo 61% entre 18 e 39 anos. No último Super Bowl, realizado em fevereiro, a audiência do jogo entre Kansas City Chiefs e Philadelphia Eagles foi de 2,5 milhões de pessoas, uma variação positiva de 19% em relação à final de 2022.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes