Grêmio busca reabilitação contra o Goiás para seguir na briga pelo título do Brasileirão

Depois de duas derrotas seguidas, o Grêmio perdeu uma chance importante de assumir a liderança do Campeonato Brasileiro. Mesmo assim, segue na briga pelo título e terá duas partidas seguidas em sua arena, em Porto Alegre (RS). A primeira delas, pela 36ª e antepenúltima rodada, será realizada nesta quinta-feira, às 19h, diante do Goiás, que está praticamente rebaixado.

A derrota do Grêmio mais surpreendente foi diante do Corinthians, por 1 a 0, em casa. Depois, teve confronto direto com o Atlético-MG fora de casa. Apesar de uma derrota ser aceitável, a forma como foi também incomodou, já que acabou dominado pelo adversário e perdeu por 3 a 0.

Com esses dois resultados, o Grêmio permaneceu com 59 pontos e saiu do G-4, mas terminou a última rodada apenas a quatro pontos do líder Palmeiras. Depois do Goiás, jogará novamente diante de sua torcida, contra o Vasco, outro candidato ao rebaixamento. Por fim, finalizará a temporada como visitante contra o Fluminense, que provavelmente jogará com reservas devido à participação no Mundial de Clubes.

Para a partida, o técnico Renato Gaúcho deve voltar a formar a defesa com quatro jogadores. O zagueiro Bruno Alves retorna após suspensão e formará dupla com Kannemann. Mesma situação do volante Villasanti, que entra no lugar de Ronald. Outra boa notícia é em relação ao volante Pepê, recuperado de lesão. A tendência, porém, é que ele inicie no banco de reservas.

Renato admitiu uma oscilação, mas se concentrou na reta final, ainda demonstrando confiança no título. "Tem certas coisas que cobro do grupo dentro de quatro paredes. Não adianta lamentar. Oscilamos. Mas passou. Temos mais três jogos, dois em casa para ver se continua a chance de brigar pelo Brasileirão. Muita coisa pode acontecer ainda."

O Goiás vem de três derrotas seguidas: Santos (1 a 0), Atlético (2 a 1) e Cruzeiro (1 a 0). Com isso, estacionou nos 35 pontos, em 18º lugar. Se não vencer o Grêmio, estará matematicamente rebaixado à Série B, se juntando a Coritiba e América-MG.

O destino do Goiás está praticamente selado. O técnico Mário Henrique não deve fazer muitas alterações na escalação que perdeu por 1 a 0 para o Cruzeiro, sofrendo um gol nos acréscimos. Entretanto, Morelli volta de suspensão e será titular no meio-campo para a saída de Higor Meritão.

Mário Henrique admitiu a missão quase impossível do Goiás, mas tentou motivar o time a acreditar na permanência. "Enquanto tiver vida, nós vamos lutar. A equipe demonstrou um poder de competitividade muito grande. Lógico que não vai ser da noite para o dia que vamos transformar tudo. Está difícil? Sim, temos que ser realistas, mas enquanto houver esperança, vamos acreditar."

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes

As mais lidas agora