Marido de lutadora do UFC é preso acusado de crime sexual contra menor de idade

Hailey Cowan, lutadora do UFC, vive um momento conturbado em sua vida pessoal e que também influencia em sua carreira profissional. Marido e técnico da atleta, Jacob Brennan foi preso no último domingo (19), no Texas (EUA), por acusações de crime sexual envolvendo uma menor de idade. A notícia foi divulgada pela emissora 'KWTX-TV'.

Brennan, de 40 anos, foi preso por ter supostamente praticado um ato indecente com uma criança no passado, havendo contato sexual. De acordo com o site 'MMA Junkie', no depoimento da denúncia criminal, uma mulher relatou que o profissional a tocou de forma inadequada quando ele a treinou no período entre 2013 e 2015. Na época do suposto abuso, a mulher tinha 13 anos e Jacob 30.

Detalhes e possível punição

Em seu depoimento, a mulher detalhou que Brennan 'a beijou e tocou sua vagina acima e abaixo das roupas centenas de vezes' entre 2013 e 2015. No domingo, o profissional foi preso, com fiança fixada no valor de 75 mil dólares (cerca de R$ 383 mil). No Texas, tal infração (acusação de má conduta sexual envolvendo uma menor de idade) é um crime de segundo grau, cuja punição pode ser de dois a 20 anos de prisão.