Sergipano comemora vitória no UFC Vegas 83 e fim da má fase: "Tirei um peso das costas"

André Muniz tirou um peso enorme das costas no último sábado (9), no UFC Vegas 83.

Pressionado por duas derrotas consecutivas na organização - algo que até então nunca havia experienciado na carreira -, o lutador brasileiro precisava colocar um ponto final na má fase para respirar na liga.

E, diante de Jun Yong Park, 'Sergipano' suou, mas conseguiu o tão aguardado triunfo.

Aliviado, o peso-médio (84 kg) de Montes Claros (MG) desabafou e celebrou a vitória.

Em entrevista exclusiva à equipe de reportagem da Ag Fight, Sergipano admitiu que estava ciente de que uma nova derrota poderia significar uma eventual demissão do UFC.

Sendo assim, o brasileiro exalta a vitória apertada na decisão dividida dos juízes conquistada contra o rival sul-coreano.

Além disso, o faixa-preta destacou seu resgate às raízes do jiu-jitsu em sua mais recente apresentação no octógono.

"Estou muito feliz, muito aliviado. Agradecer a Deus, primeiramente, pela saúde, por me capacitar a vencer. Minha família, meu time, a todos que fazem isso acontecer (...) Foi uma grande vitória para mim, para voltar ao caminho das vitórias. A gente sabe como a empresa funciona. Três derrotas é algo que deixa seu pescoço na reta para ser degolado, então eu precisava vencer de qualquer jeito. E contra um atleta que vinha de uma sequência muito boa, que iria me colocar novamente no 'hype'. Foi o que aconteceu, venci um grande atleta, que vinha de três vitórias por finalização seguidas. E melhor, representei o nosso jiu-jitsu, busquei a luta agarrada do início ao fim (...) O mais importante é que venci, tirei um peso das costas, quebrei essa sequência ruim", desabafou o atleta mineiro.

Previsão de volta à ativa

Depois de uma temporada agitada em 2023 com três lutas, André Muniz afirmou que pretende tirar um período de férias para se dedicar à família no primeiro trimestre de 2024.

Continua após a publicidade

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes

As mais lidas agora