PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Idolatria! Veterano do UFC revela admiração por irmãos Nogueira

Felipe Paranhos, em São Paulo (SP)

Ag. Fight

20/09/2018 08h00

Profissional de MMA há 14 anos, com mais de 30 lutas realizadas em sua carreira, Ben Saunders ainda possui a ingenuidade de um novato quando o assunto é algo que envolva seus ídolos. Às vésperas de seu confronto no UFC São Paulo, o veterano revelou à reportagem da Ag Fight que os irmãos Nogueira são uma grande inspiração para ele, e de certa forma o motivaram a seguir a profissão de lutador, tanto que ele não se furtou da oportunidade de pedir por uma foto ao lado dos gêmeos.

Durante a entrevista, Ben mergulhou em sua infância e relembrou quando assistiu ao primeiro UFC da história e decidiu de tornar profissional de MMA. Sem deixar a admiração de lado, o americano exaltou Rogério 'Minotauro', ao analisar com entusiasmo as lutas realizadas pelo peso-pesado brasileiro na época do Pride.

"Eu sou um grande fã, vi o primeiro UFC ao vivo no pay-per-view quando eu tinha dez anos. E quando o evento terminou eu disse ao meu amigo que estava comigo: 'É isso que eu quero fazer'. Ele disse: 'Você é maluco'. Cresci assistindo ele no Pride, no UFC. E eu sou um grande fã de jiu-jitsu, e ele era um dos grandes nomes do jiu-jitsu da época. Suas lutas contra o Fedor, insanas. A luta com Bob Sapp foi uma loucura, ele se superou com aquela vitória, ele é um dos melhores de todos os tempos. Uma lenda absoluta no esporte, seu irmão também", admitiu o 'lutador fã'.

"Eu sou um grande fã do esporte, sei que estou no MMA por um bom tempo, mas ainda sou um fã entusiasmado. Eu pude ver boa parte dos pioneiros do jogo, que trouxeram para onde se encontra agora, originalmente o MMA não era nem televisionado. E agora é transmitido de diversas formas, todo mundo sabe o que é, é muito incrível. Eu sempre fui primeiramente um fã, e em segundo plano, um lutador na verdade. Então, estar aqui, ver todo mundo, é uma honra estar no Brasil, é a minha primeira vez aqui", completou Sanders, em conversa exclusiva com a Ag Fight.

Ben, que enfrenta o brasileiro Serginho Moraes no próximo sábado (22), definiu seu adversário como "perigoso em todas as áreas", apesar do rival ser um especialista de jiu-jitsu. Mesmo com um grande oponente pela frente, o americano parece mesmo estar focado em curtir a experiência do show como um todo.

"Acho que somos o evento principal do 'Fight Pass'. Estou curtindo a ideia de lutar e depois assistir o resto do evento, porque não é algo que eu consigo fazer normalmente, então vai ser legal. Vamos lá, daremos um show fenomenal para todos, eu sei que os fãs podem ser parciais antes da luta, mas ouvi que são muito respeitosos após o combate. Eu sei que será uma loucura entrar lá, mas se dermos um bom show, todo mundo vai curtir. E então após a luta eu estarei apto para curtir o resto do show", projetou o americano.

Aos 35 anos, Saunders ainda pretende fazer "muitas" lutas de MMA. Mas para esse desejo se realizar, pelo menos dentro do UFC, uma vitória diante de Moraes é fundamental. Até porque em seus últimos três compromissos, o americano triunfou em apenas um.

Esporte