PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Futebol: Brasil empata (0-0) com Costa do Marfim e lidera Grupo D; Alemanha vence Arábia Saudita

25/07/2021 11h20

Yokohama, Japão, 25 Jul 2021 (AFP) - O Brasil, que jogou desde os 13 minutos com um jogador a menos devido à expulsão de Douglas Luiz, empatou sem gols com a Costa do Marfim (0-0) neste domingo, em Yokohama, pela segunda rodada do Grupo D do futebol masculino nos Jogos de Tóquio-2020.

A seleção brasileira, após vencer a Alemanha por 4 a 2 na estreia, e os marfinenses, depois do triunfo sobre a Arábia Saudita (2-1), duelaram no Estádio Internacional de Yokohama para definir a liderança na chave, mas nenhuma das duas equipes conseguiu abrir o placar.

Sentindo o desgaste com a expulsão de Douglas Luiz, o Brasil teve poucas chances de marcar. O volante recebeu um cartão amarelo após derrubar um jogador da Costa do Marfim perto da área. O lance foi revisto no VAR e ele acabou recebendo o vermelho.

Com 10 em campo, a equipe comandada pelo técnico André Jardine, viu a seleção africana com mais posse de bola e criando mais chances que exigiram defesas do goleiro Santos.

No segundo tempo, o Brasil voltou melhor e soube neutralizar as ações ofensivas dos marfinenses.

O Brasil levou mais perigo, mas sem sucesso, já na reta final da partida, quando a Costa do Marfim também ficou com dez em campo após a expulsão de Kouassi Eboue, que recebeu o segundo cartão amarelo (80).

"Não acredito que a expulsão dificultou nossa proposta de jogo. Conseguimos ocasiões, construímos jogadas com um a menos. São circunstâncias de jogo, temos que nos sobrepor a isso", disse o veterano lateral-direito Daniel Alvez à TV Globo, após o fim da partida.

"Tenho dúvidas sobre o lance da expulsão, mas faz parte. Temos que valorizar o grande trabalho no dia de hoje", acrescentou ele.

Com este empate, o atual campeão olímpico e os marfinenses somam os mesmos quatro pontos e vão buscar garantir a vaga nas quartas de final na quarta-feira, dia 28.

Logo atrás está a Alemanha, com 3 pontos, que obteve uma vitória suada sobre a Arábia Saudita também neste domingo e se manteve viva no torneio. Os gols alemães foram marcados pelo meia-atacante Nadiem Amiri, o atacante Ragnar Ache e o zagueiro Felix Uduokhai já na reta final (75).

A Alemanha vai para o tudo ou nada na terceira rodada, contra a Costa do Marfim.

- Espanha e Argentina vencem -Pelo Grupo C, a Espanha venceu a Austrália por 1 a 0 com um gol de Mikel Oyarzabal, no Domo de Sapporo, e assumiu a liderança.

No segundo tempo, já na reta final, Marco Asensio cruzou da direita e Oyarzabal subiu mais que os defensores para desviar no canto direito do goleiro Glover.

Mais cedo, na mesma chave, a Argentina se recuperou depois de sua decepcionante estreia em que perdeu por 2 a 0 para a Austrália, contra o campeão africano Egito com uma vitória suada por 1 a 0 em Sapporo.

O gol do triunfo foi marcado no início do segundo tempo pelo zagueiro Facundo Medina (52), após um cruzamento de Alexis Mac Allister que o defensor cabeceou na trave e em seguida mandou para o fundo da rede.

- França comemora nos acréscimos -A seleção francesa, que havia perdido por 4 a 1 para o México na estreia, venceu a África do Sul por 4 a 3 em um jogo dramático, com direito a hat-trick de André-Pierre Gignac e um gol nos acréscimos.

Gignac, de 35 anos, marcou aos 57, 79 e 86. Téji Savanier fez o gol da vitória nos últimos instantes da partida (90+2).

Os sul-africanos ficaram três vezes em vantagem no placar com gols de Kobamelo Kodisang (53), Evidence Makgopa (73) e Teboho Mokoena (81) e poderiam ter comprometido seriamente a classificação dos franceses.

O México, medalha de ouro em Londres-2012, perdeu por 2 a 1 para o Japão em Saitama e agora vai disputar a vaga contra a lanterna África do Sul, na última rodada.

Os japoneses, que haviam estreado com uma vitória por 1 a 0 sobre os africanos, abrira uma vantagem logo cedo com gols de seu astro Takafuse Kubo aos 6 minutos e do meia Ritsu Doan convertendo um pênalti (11), o que os deixa como líderes solitários de seu classificação.

Roberto Alvarado entrou e diminuiu na reta final (85) com uma cobrança de falta, no momento em que o México jogava com dez em campo devido à expulsão de Johan Vásquez (68).

- Grupo B embolado -Todas as seleções do grupo B estão empatadas com 3 pontos após os resultados deste domingo.

Honduras passou do susto à felicidade total ao vencer por 3 a 2 em uma reviravolta no final diante da Nova Zelândia, em Kashima, se recuperando da derrota na estreia contra a Romênia (0-1).

Rigoberto Rivas (87) fez o gol da vitória, fundamental para deixar os hondurenhos vivo. Os neozelandeses marcaram através do zagueiro Liberato Cacace (10) e do gigante Chris Wood (49), enquanto o empate provisória havia chegado graças ao meia Luis Palma (45+1) e Luis Obregón (78).

Com essa vitória fundamental, o time comandado pelo uruguaio Miguel Falero vai depender de si mesmo para avançar às quartas de final, quando enfrenta a Coreia do Sul na próxima quarta-feira, que venceu a Romênia por 4 a 0.

djm/psr/aam

Esporte