PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Mourinho, o 'Special One', se banaliza com mais uma demissão

18/12/2018 12h41

Manchester, Reino Unido, 18 dez 2018 (AFP) - Provocador, arrogante, polêmico, mas também multicampeão: José Mourinho treinou os maiores clubes da Europa e conquistou duas Ligas dos Campeões, mas seu estilo de comando sem concessões e seus esquemas de jogo minimalistas minam os vestiários, enquanto sua mágica parece estar desaparecendo com o passar dos anos.

- Recordar é viver -Três dedos erguidos para o céu que criaram polêmica no mundo do futebol: foi assim que Mourinho lembrou aos torcedores da Juventus, ocupados a insultá-lo durante toda a partida de Liga dos Campeões, que ele tinha conquistado em 2010 uma incrível 'Tríplice Coroa' Champions-Campeonato Italiano-Copa da Itália com a Inter de Milão, arquirrival da Juve.

Mas, nesta noite de outubro de 2018 em Turim, o português de 55 anos já estava longe de sua época gloriosa. Envolvido em um conflito com o meia francês Paul Pogba, maior astro do Manchester United, e com sua equipe longe dos líderes da Premier League, Mourinho já era alvo de todas as críticas.

Após aquela vitória contra a Juventus por 2 a 1, o empresário de Mourinho, o compatriota Jorge Mendes garantiu que "José está muito feliz no Manchester United e o clube está muito feliz com ele".

Mas uma dura derrota (3-1) contra o Liverpool de Jurgen Klopp e a perspectiva de enfrentar o PSG de Neymar e Mbappé nas oitavas de final da Champions em fevereiro foram peso demais para os ombros de Mourinho, que será substituído por um técnico interino até o fim da temporada, possivelmente Michael Carrick.

- O amor dura três anos -A demissão reascendeu a ideia de uma "maldição do terceiro ano" na carreira do português. No Real Madrid (2010-2013), na segunda passagem pelo Chelsea (2013-2016) e no United (2016-2018), ele obteve resultados rapidamente, mas com reinados curtos e que encontraram seus fins no caos.

Por quê? O caráter combativo de Mourinho lhe vale a inimizade com alguns jogadores. Em Manchester, o alvo da vez era Pogba. No Real Madrid, o português já tinha se desentendido com praticamente todo o vestiário, incluindo o astro Cristiano Ronaldo, o que logicamente precipitou a queda do técnico.

"Mourinho queima seus jogadores após um ano e meio, dois anos no máximo", afirmou o italiano Fabio Capello, ex-técnico da seleção inglesa, após a demissão de 'Mou' do Chelsea.

Isso não impediu que Mourinho tivesse outro início bom no United, conquistando uma Liga Europa e uma Copa da Liga em sua primeira temporada no comando do clube, em 2017.

- Técnico superado? -Seu esquema de jogo minimalista, até certo ponto retranqueiro, sintetizado pela máxima que visa "a vitória a qualquer custo", também incomoda os atletas: foi por criticar o estilo de jogo do United que Pogba se desentendeu de vez com o treinador.

Mas foi assim que Mourinho conquistou a Liga dos Campeões com o Porto em 2004, depois de erguer uma Copa Uefa (2003), uma Copa de Portugal (2003) e dois Campeonatos Portugueses (2003, 2004). Também foi assim que ele construiu a espetacular temporada de 2010 com a Inter e conquistou os títulos ingleses (2005, 2006, 2015) e do Campeonato Espanhol (2012).

O problema de Mourinho é que, nos dias de hoje, o futebol parece sorrir mais para técnicos dispostos a atacar seus adversários. O Manchester City de Pep Guardiola, seu grande rival na época em que treinavam Real e Barcelona, é quem manda atualmente na Inglaterra. E o Liverpool de Jurgen Klopp chegou à final da Liga dos Campeões na temporada passada, apesar de uma defesa frágil.

Ao chegar na Inglaterra, Klopp se definiu como "The Normal One", uma clara brincadeira com Mourinho, que foi manchete no passado ao se autointitular "The Special One".

Com o passar dos anos, a tendência se inverteu e o português, com a imagem manchada também por acusações de fraudes fiscais, parece ter perdido sua mágica após inúmeros embates e polêmicas, embora seu currículo ainda o credencie como um técnico cobiçado no mercado... Mas Klopp, por exemplo, está em seu quarto ano no Liverpool e é difícil achar um crítico do alemão.

bur-cda/am

MANCHESTER UNITED

JUVENTUS FOOTBALL CLUB

SOCIEDADE COMERCIAL FUTEBOL CLUBE DO PORTO

Esporte