PUBLICIDADE
Topo

Esporte

China sonha em sediar Copa do Mundo-2030

28/09/2016 13h05

Panaji, Índia, 28 Set 2016 (AFP) - Um alto dirigente do futebol chinês expressou sua esperança de ver a China, que vê seus clubes investirem milhões de euros em contratações, sediar a Copa do Mundo de 2030.

"Todos os chineses amantes do futebol têm um sonho: sediar uma Copa do Mundo na China", declarou à AFP Zhang Jian, vice-presidente da Federação Chinesa, em entrevista realizada nesta semana na Índia.

A Rússia, em 2018, e o Catar, em 2022, serão as sedes dos próximos Mundiais. O pequeno país da península árabe, porém, é membro da Confederação Asiática de Futebol (AFC).

A Fifa prefere que o torneio alterne entre continentes, o que impede teoricamente que uma mesma confederação organize duas Copas do Mundo consecutivas. Desta forma, as chances da China sediar o Mundial de 2026 são praticamente nulas.

"É claro que eu gostaria que pudesse ser antes, mas a Fifa tem regras e respeitamos suas decisões", completou.

Zhang é candidato ao cargo de representante da AFC no Conselho da Fifa, mas o congresso da confederação asiática, realizado na cidade indiana de Goa, foi encerrado de maneira inesperada. Seus membros protestavam contra a proibição a um dirigente do Catar de se apresentar à eleição.

O presidente chinês Xi Jinping traçou como objetivo fazer de seu país uma potência futebolística e sediar uma Copa do Mundo.

Mas, a nível esportivo, a seleção chinesa está ainda distante das grandes potências do esporte. A China é atualmente a 78ª seleção do ranking Fifa.

Esporte