Empresa anuncia patrocínio de 10 atletas olímpicos para os Jogos de Paris

Dez atletas olímpicos brasileiros acertaram o patrocínio com a Ossel Assistência até os Jogos de Paris, que terminam em 11 de agosto.

O que aconteceu

O apoio conta com três medalhistas olímpicos: Arthur Zanetti (ginástica artística), Daniel Cargnin (judô) e Abner Teixeira (boxe).

Luiz Gabriel Oliveira e Wanderley Holyfield (boxe), Caroline Santos (taekwondo), e Izabela da Silva, Vitória Rosa, Jucilene Lima e Juliana Campos (atletismo) também estão no projeto.

Todos vão receber um valor fechado até o fim do contrato, que pode ser resgatado em uma vez ou em parcelas mensais.

É muito bom saber que empresas grandes têm o interesse de apoiar atletas. Hoje em dia está muito difícil conseguir patrocínio de empresas privadas e esse esforço é muito bom.
Arthur Zanetti, campeão olímpico de ginástica artística

Impacta de maneira direta. A vida de um atleta envolve muitos custos, temos preocupação com hospedagem, alimentação, locais para treinar, fora vida familiar. Todos os patrocínios são ótimos. O esporte de alto rendimento vive de iniciativa pública e agora temos esse apoio privado e tomara que isso abra caminho para outras empresas.
Abner Teixeira, medalhista olímpico no boxe

Projeto esportivo

A Ossel é uma empresa de assistência funerária, criada em 1987 em Sorocaba, mas que busca promover o incentivo ao esporte.

Continua após a publicidade

Karyn Paiva, ex-jogadora de vôlei, é gerente de marketing e esportes da empresa, e está por trás do programa com os atletas olímpicos.

Fechamos o contrato com alguns em cinco minutos. Mostrei o projeto e foi super rápido. Esses atletas mostram uma humildade incrível. Pensamos em um grupo que saiba que estamos aqui na torcida e queremos demonstrar todo esse apoio com frequência e proximidade.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes