Verstappen vence GP dos EUA após largar em 6º; Hamilton é desclassificado

Max Verstappen fez uma corrida de recuperação após largar em 6º, deixou uma fila de carros para trás e venceu o GP dos EUA de Fórmula 1, neste domingo (22), em Austin, no Texas.

O holandês voador já havia vencido em 2021 e 2022 no Circuito das Américas, que recebeu mais de 400 mil pessoas no fim de semana, sob calor de mais de 40 graus. Foi a 50ª vitória de Verstappen na F1, a 15ª só nesta temporada.

Lewis Hamilton cruzou a linha de chegada em segundo, mas foi desclassificado pela FIA. A entidade identificou que a prancha que determina a altura mínima do carro estava mais desgastada do que o permitido.

Leclerc, que saiu na pole e chegou em sexto, também foi eliminado pelo mesmo motivo. O piloto monegasco teve um dia para esquecer, com direito a troca de farpas pela rádio com a Ferrari.

Lando Norris foi muito rápido no início e fechou em terceiro, mas pulou para segundo com a eliminação de Hamilton. Ele ainda foi escolhido o "piloto do dia".

A F1 volta no fim de semana que vem, com o GP do México. O treino classificatório acontece no sábado (28), e a corrida, no domingo (29).

Pódio e classificação final da corrida

- Max Verstappen, da Red Bull Racing.
- Lando Norris, da McLaren.
- Carlos Sainz, da Ferrari

Verstappen é vaiado no pódio

O tricampeão mundial foi vaiado no pódio por parte da torcida presente no Circuito das Américas. Alguns torcedores gritaram "checo, checo", apelido do mexicano Sergio Pérez, companheiro de Verstappen na Red Bull. Vale lembrar que o Texas faz fronteira com o México, próxima parada da categoria.

Continua após a publicidade

Nos bastidores da F1, se comenta que Pérez pode perder a vaga na Red Bull caso não termine a temporada à frente de Hamilton. O mexicano aumentou a vantagem na vice-liderança após a desclassificação do inglês.

Classificação geral após o GP dos EUA

Como foi a largada

Na largada, Lando Norris arrancou bem, deixou Charles Leclerc comendo a poeira do Texas e assumiu a ponta. Carlos Sainz largou bem, passou Lewis Hamilton e saltou para terceiro, mas logo perdeu a posição.

Continua após a publicidade

Hamilton saiu mal, ficou imprensado pelas Ferraris e caiu de terceiro para quarto, mas logo retomou a posição na quarta volta. Duas depois, passou Leclerc no retão com auxílio da asa móvel e pulou para segundo.

Max Verstappen saiu em sexto e fez uma largada de recuperação. Na sexta volta, já era o quarto colocado. Na 11ª, ele passou Leclerc e assumiu a terceira posição.

Verstappen ultrapassa Hamilton após primeiras paradas

Com 15 voltas, Norris liderava, mas era Hamilton quem voava na pista, com volta mais rápida atrás de volta mais rápida.

Terceiro colocado, Verstappen parou pela primeira vez na volta 17, voltando na nona posição. Duas depois, porém, já era o quinto.

Hamilton assumiu a ponta na volta 18 com a parada de Norris, mas entrou no box duas voltas depois, com pneus já bastante desgastados. No pit stop, a Mercedes demorou um 1s1 a mais do que na parada de Russell, seu companheiro de equipe.

Continua após a publicidade

Leclerc parou apenas na volta 24. Ele ficou mais de 3s no box e voltou na sexta posição, em estratégia pouco compreensível da Ferrari.

Após a primeira rodada de pit stops, Norris voltou em primeiro, com Verstappen à frente de Hamilton. No rádio, o inglês questionou a Mercedes em relação à estratégia da parada.

Verstappen passa Norris na freada e assume a ponta

Max Verstappen assumiu a ponta da corrida na volta 28. Ele pisou fundo na reta principal e passou Norris por dentro na freada. O piloto da McLaren ainda tentou dar o troco com o X, mas o holandês ficou com o lado limpo da pista e confirmou a ultrapassagem na curva seguinte.

Hamilton supera Leclerc e Norris e pula para segundo

Após a segunda parada, Hamilton voltou em quarto, mas ultrapassou Leclerc na volta 43 e deixou Norris para trás seis voltas depois. O heptacampeão foi muito rápido no Circuito das Américas, sofreu com pit stops não tão rápidos da Mercedes e chegou a ameaçar no fim a dominante Red Bull de Verstappen.

Continua após a publicidade

Leclerc larga mal, perde ritmo e fica atrás de Sainz

Pole position pela 21ª vez, Leclerc voltou a largar mal, foi muito lento nas curvas e ainda terminou eliminado. O monegasco foi o último a parar do primeiro pelotão, arriscou com apenas um pit stop e cruzou a linha de chegada em sexto, mas acabou desclassificado pela FIA.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes