PUBLICIDADE
Topo

Basquete

Trump rebate críticas de LeBron James à polícia e o chama de 'racista'

Donald Trump, ex-presidente dos Estados Unidos - Brendan Smialowski/AFP
Donald Trump, ex-presidente dos Estados Unidos Imagem: Brendan Smialowski/AFP

Colaboração para o UOL, em São Paulo

24/04/2021 12h02

Após LeBron James usar suas redes sociais para criticar as ações policiais e dizer que está "cansado de ver pretos morrendo", o ex-presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, publicou um comunicado onde rebate às críticas dos jogador e o chama de "racista".

"LeBron James deve se concentrar no basquete, em vez de presidir a destruição da NBA , que acaba de registrar as mais baixas avaliações da televisão em sua longa e distinta história. Suas proclamações racistas são desagradáveis, insultuosas e degradantes. Ele pode ser um grande jogador de basquete, mas não está fazendo nada para unir nosso país!"

O comunicado foi enviado à imprensa, já que Trump foi expulso do Twitter por incitar à violência e fornecer informações falsas aos cidadãos a partir de suas contas nas redes sociais.

A estrela do Los Angeles Lakers usou sua conta para fazer um desabafo sobre a morte de Ma'Khia Bryant, uma garota negra de 16 anos, nos Estados Unidos. A jovem foi morta a tiros por policiais de Columbus, no estado de Ohio, por tentar atacar uma outra pessoa com uma faca.

Basquete