PUBLICIDADE
Topo

Santos

Cuca é principal técnico brasileiro do século XXI, diz dirigente do Santos

Felipe Ximenes, superintendente de futebol do Santos, coloca Cuca entre principais técnicos do século XXI - Reprodução/SporTV
Felipe Ximenes, superintendente de futebol do Santos, coloca Cuca entre principais técnicos do século XXI Imagem: Reprodução/SporTV

Colaboração para o UOL, em São Paulo

13/01/2021 15h33

Superintendente de futebol do Santos, Felipe Ximenes exaltou Cuca antes do segundo jogo contra o Boca Juniors, hoje, às 19h15, pela semifinal da Copa Libertadores. Para o dirigente, o comandante alvinegro é o "principal treinador brasileiro do século XXI".

Em entrevista ao "Seleção SporTV", Ximenes destacou o "gestor" Cuca, assim como a insistência deste na competição continental. Segundo o dirigente, o técnico "sentia que estava caminhando para a Libertadores".

"O Cuca, hoje, é o principal treinador brasileiro, em termos de resultado, do século XXI. Ele se mostrou realmente um gestor. (...) Estamos chegando para essa decisão muito unidos, e preparados para esse desafio que vai ser o jogo com o Boca", afirmou Ximenes.

"Desde o início, o Cuca falava de Libertadores. Ele nunca colocou a Copa do Brasil, que, talvez, seja uma competição muito atrativa para o Santos... Ele sempre sentia que estava caminhando para a Libertadores. Eu penso que nós talhamos, sob a batuta do Cuca, essa equipe. Meninos se transformaram em homens ao longo dessa Libertadores, e eu sinto que a gente entra com muita segurança de que faremos uma boa partida", completou.

O superintendente ainda citou a "lição" aprendida com a dramática classificação do Palmeiras para a final da Libertadores. Após vencer o River Plate, fora de casa, por 3 a 0, o time de Abel Ferreira perdeu por 2 a 0 no Allianz Parque.

"Tivemos uma surpresa na semana passada com a vitória incrível do Palmeiras sobre o River, e ontem tivemos uma surpresa não menor, porque, realmente, foi uma atuação incrível do River sobre o Palmeiras. Espero que isso sirva de lição para gente hoje contra o Boca Juniors", falou.

Santos