PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Ex-piloto Alex Zanardi sofre acidente grave durante prova de paraciclismo

Alex Zanardi durante prova em 2016; ex-piloto de F1 e Indy disputa esportes paraolímpicos e sofreu acidente grave na Itália - REUTERS/Ueslei Marcelino
Alex Zanardi durante prova em 2016; ex-piloto de F1 e Indy disputa esportes paraolímpicos e sofreu acidente grave na Itália Imagem: REUTERS/Ueslei Marcelino

Do UOL, em São Paulo

19/06/2020 13h24Atualizada em 19/06/2020 15h29

O ex-piloto de Fórmula 1 Alessandro Zanardi, de 53 anos, sofreu um grave acidente durante uma etapa de uma prova de paraciclismo em Pienza, na província de Siena, na Itália. O incidente ocorreu no quilômetro 146 da estrada local e envolveu um "veículo pesado".

Zanardi precisou ser transferido de helicóptero para o hospital. Segundo o jornal Gazzetta dello Sport, ele teria perdido controle da bicicleta adaptada e mudado de pista antes de ser atingido por um veículo. As informações iniciais relatam que o atleta sofreu múltiplas fraturas e seu estado é grave.

De acordo com o jornal Corriére dello Sport, Zannardi bateu a cabeça antes do choque com um veículo. O ferimento causado pelo impacto é o que mais preocupa os médicos. Segundo relato de testemunhas, o resgate levou aproximadamente 20 minutos para chegar em razão da dificuldade de acessar o local do acidente, numa estrada que corta uma floresta.

O ex-piloto passa por cirurgia delicada neurocirurgia no hospital Santa Maria alle Scotte e terá boletim médico divulgado ainda hoje.

Alex Zanardi, que também foi bicampeão da F-Indy, teve as pernas amputadas depois de sofrer um acidente em 15 de setembro de 2001. O piloto saía dos boxes no autódromo de Lausitzig, na Alemanha, quando rodou e foi para o meio da pista. O canadense Alex Tagliani, a mais de 300 km/h, acertou o carro do italiano. O piloto foi reanimado sete vezes e perdeu muito sangue. Por 15 minutos, sua circulação ficou praticamente parada.

Aos poucos, o atleta retornou ao esporte. A volta ao automobilismo foi rápida: em 2003 já estava pilotando no Europeu de Turismo. A chegada ao esporte paraolímpico demorou quatro anos.

Em 2007, inspirado no ex-piloto Clay Regazzoni, aceitou o convite para disputar prova de handbike e terminou em quarto lugar - com só quatro semanas de preparação. Em 2016, ele disputou a Paraolimpíada do Rio de Janeiro e conquistou duas medalhas.

Relatos e repercussões do acidente

O técnico da seleção italiana de paraciclismo, Mario Valentini, falou ao jornal Corriere della Sera sobre o acidente de Alex Zanardi.

"A etapa acabava em Montalcino, faltava pouco. Estávamos em uma curva, em uma descida que não era difícil, e estávamos a cerca de 50km/h. Alex perdeu o controle, ele capotou duas vezes e bateu em um caminhão com reboque. O grito foi terrível. Os paramédicos o recuperaram e estava gravíssimo. O helicóptero não conseguia pousar até que uma ambulância o levou para uma praça vizinha onde o piloto pousou e o levou para Siena. Foi terrível", relatou.

O primeiro-ministro da Itália, Giuseppe Conte, usou as redes sociais para falar sobre o acidente.

"Você nunca desistiu e com a sua extraordinária força de vontade você superou muitas dificuldades. Força Alex Zanardi, não desista. Toda a Itália luta com você", publicou.

*Com informações da agência ANSA

Esporte