PUBLICIDADE
Topo

Kobe Bryant: relatório indica possível desorientação de piloto no acidente

Queda de helicóptero na California matou Kobe Bryant e sua filha Gianna, de 13 anos, em janeiro deste ano - REUTERS/Kyle Grillot
Queda de helicóptero na California matou Kobe Bryant e sua filha Gianna, de 13 anos, em janeiro deste ano Imagem: REUTERS/Kyle Grillot

Do UOL, em São Paulo

17/06/2020 18h58

O piloto do helicóptero que caiu e matou a lenda do basquete Kobe Bryant, em janeiro deste ano, pode ter sofrido uma "desorientação espacial" durante o voo. Documentos divulgados hoje nos Estados Unidos por investigadores federais revelaram que Ara Zobayan informou ao controle do tráfego aéreo que estava subindo com a aeronave, mas na verdade estava descendo, pouco antes da queda, segundo reportou a agência AP.

Além de Kobe e do piloto, outros sete passageiros morreram no acidente, incluindo a filha do ex-jogador, Gianna Bryant. De acordo com os investigadores, Zobayan transmitiu a informação de subida por rádio. Ele disse que elevaria o helicóptero a 1.220 metros de altitude para ficar sobre as nuvens enquanto, de fato, estava mergulhando com o equipamento em uma colina em Calabasas, na Califórnia, à noroeste de Los Angeles.

O relatório do Conselho Nacional de Segurança em Transportes afirma que o piloto pode ter tido má percepção dos ângulos, o que aconteceria em caso da chamada "desorientação espacial".

"Os ângulos aparentes calculados no momento mostram que o piloto poderia ter interpretado mal a inclinação e a rotação", disse o documento. "Durante a descida final, o piloto, respondendo (ao controle de tráfego aéreo), declarou que estava subindo para quatro mil pés", prosseguiu o relatório.

A possibilidade da desorientação espacial já havia sido levantada por especialistas logo após o acidente, mas o relatório de 1,7 mil páginas não oferece uma conclusão do que causou a queda. Apenas foi feita uma compilação de possíveis falhas que levaram ao acidente. Há a expectativa de um relatório final que traga essas conclusões.

Basquete