PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Emissora divulga nome de dois mortos em ataque; Duas vítimas são operadas

Polícia chega a local de ataque a tiros durante torneio de videogame, em Jacksonville - Mark Wallheiser/Getty Images/AFP
Polícia chega a local de ataque a tiros durante torneio de videogame, em Jacksonville Imagem: Mark Wallheiser/Getty Images/AFP

Do UOL, em São Paulo

27/08/2018 08h55

A emissora "CBS" revelou o nome dos dois mortos em um ataque a tiros durante um torneio do game Madden, na Flórida, nos Estados Unidos. Ambos foram vítimas de David Katz, de 24 anos, que abriu fogo em direção aos jogadores após ser eliminado da competição. Ele também morreu.

As vítimas fatais seriam Eli Clayton, que utilizava o codinome "Trueboy", e Taylor Robertson, que jogava como "SpotMePlzz".

Veja também:

Suspeito de ataque é descrito como gamer de "olhar vazio" e poucas emoções
EA lamenta atentado em torneio de game e promete colaborar com autoridades
Torneio de videogame de NFL é interrompido por tiros nos Estados Unidos

Em comunicado oficial, o hospital Memorial, da cidade de Jacksonville, divulgou os nomes e a situação de quatro feridos durante o ataque. De acordo com o hospital, todos estão em boas condições de saúde.

Os dois com mais preocupações são Alexander Madunic, de 27 anos, que levou um tiro no pé, e Christopher McFarland, de 31 anos, que foi atingido de raspão na cabeça. Os outros dois são George Amadeo II, de 17 anos, e David Echevarria, de 28 anos.

Tim Anselimo é operado após ser baleado durante ataque a tiros na Flórida, nos Estados Unidos - Reprodução - Reprodução
Imagem: Reprodução

O hospital informou que um dos quatro passou por cirurgia no último domingo e o outro será operado nesta segunda-feira. Um deles foi Tim Anselimo, também jogador, mas do game de basquete 2K. Ele foi alvo de três tiros, de acordo com a mãe Sujeil Lopez: um no peito, um na mão e um em outro local não informado. O estado dele é bom e passou por cirurgia na mão.

"Ainda em choque. Acordei chorando, pois a cirurgia de hoje determinaria se poderei um dia voltar a jogar videogame novamente", escreveu no Instagram.

A mãe de Tim postou uma foto no Twitter do filho recém-operado. "Deus estava com esses rapazes hoje".

Em seu Twitter, Christopher McFarland, que joga como "Dubby", disse estar bem. "Eles me levaram ao hospital. Uma bala pegou de raspão na minha cabeça. Sinto-me bem, apenas um arranhão na cabeça. Traumatizado e devastado".

O hospital da Universidade da Flórida recebeu outras seis vítimas do ataque. Em nota oficial, o local informou que quatro pessoas já receberam alta. Das que ficaram, uma passa bem e a outra está em estado grave. Os nomes não foram revelados.

Esporte