PUBLICIDADE
Topo

Tênis

Tenista se posiciona após ter imagem embranquecida: "Óbvio que sou morena"

Comparação de Naomi Osaka com anúncio: críticas no Japão - Edgar Su/Reuters/Divulgação
Comparação de Naomi Osaka com anúncio: críticas no Japão Imagem: Edgar Su/Reuters/Divulgação

Do UOL, em São Paulo

25/01/2019 11h08

Após a repercussão sobre o 'embranquecimento' de sua representação em forma de desenho em um anúncio, a tenista Naomi Osaka se posicionou. A atleta declarou que a cor de sua pele não é similar à imagem divulgada pela Nissin.

"Eu falei com eles e eles pediram desculpas. Mas é óbvio, eu sou morena. É muito óbvio. Não penso que eles fizeram de propósito para embranquecer ou algo assim. Mas eu definitivamente penso que na próxima vez que eles quiserem me retratar, que falem comigo antes", declarou Osaka em entrevista durante o Aberto da Austrália.

Na última quarta-feira (23), a Nissin divulgou um comunicado para se explicar após a polêmica envolvendo Osaka. "Não houve a intenção de embranquecer. Aceitamos que não fomos cuidadosos o bastante e nós prestaremos mais atenção para questões de diversidade no futuro".

No anúncio, Naomi Osaka aparece com a pele mais clara, cabelos castanhos ondulados e características faciais mais próximas a uma caucasiana. A imagem da tenista, que aparece em um vídeo, foi criada por Takeshi Konomi, famoso artista de mangá japonês. 

O anúncio, que foi divulgado neste mês no Japão na estreia do Aberto da Austrália, recebeu críticas nas redes sociais e até mesmo em um artigo em dos principais jornais do país, o "Japan Times". O escritor Baye McNeil disse que a Nissin alterou a aparência de Osaka para torná-la "comercialmente atraente". 

"A Nissin perdeu a chance de mostrar que o Japão está se esforçando para ser cada vez mais inclusivo, diversificado e inovador", escreveu. 

Filha de mãe japonesa e pai haitiano, Naomi Osaka também tem cidadania americana, mas representa as bandeiras do Japão no circuito WTA.

Ela ganhou notoriedade no país ao vencer o Aberto dos Estados Unidos em setembro, em final contra Serena Williams. A tenista ainda não comentou o anúncio.
 

Tênis