PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Surfista da elite relata ter sido atacado 2 vezes por tubarão: "sobrevivi"

WSL / Ed Sloane
Imagem: WSL / Ed Sloane

Do UOL, em Santos (SP)

02/07/2020 16h29

Michel Bourez, surfista que faz parte da elite desde 2009, relatou hoje (2) ter sido alvo de dois ataques de um tubarão-martelo enquanto fazia uma travessia de foilboard - prancha em que você desliza sobre a água - entre o Taiti e Mo'orea, nas Polinésias Francesas.

Segundo o surfista francês, ele precisou usar a prancha para evitar que fosse mordido pelo animal. O tubarão-martelo mordeu a haste da prancha por duas vezes, mas Bourez saiu ileso.

"Ele perseguiu meu foil e o mordeu, quebrando um pedaço. Então eu não pude continuar. Fiquei sentado na prancha e acenei para meus amigos que estavam em um barco para que viessem me resgatar", contou Bourez nas redes sociais.

"Depois de uns dois ou três minutos, senti que algo estava errado e fiquei alerta caso o tubarão voltasse. E ele retornou. Coloquei o foil entre ele e eu para me proteger, e ele mordeu novamente a prancha, antes de ir embora", disse.

"Sobrevivi, tive sorte", afirmou em vídeo. "Sabemos o risco de nos machucar ou até morrer, mas o amor pelo esporte é muito forte. Toda vez que eu vou surfar no mar aberto vejo tubarões-martelo circulando, então conheço o risco desde o início. O oceano é o mundo deles e eu respeito isso! Sem sentimentos ruins! Ele só me deve uma nova haste", acrescentou.

Atual número 13 do mundo, Michel Bourez nasceu na Polinésia Francesa e representará a França nas próximas Olimpíadas.

Esporte