PUBLICIDADE
Topo

Ketleyn Quadros perde para canadense e não disputará mais o ouro

Judoca brasileira Ketleyn Quadros  - Roberto Castro/Rede do Esporte
Judoca brasileira Ketleyn Quadros Imagem: Roberto Castro/Rede do Esporte

Demétrio Vecchioli

Do UOL, em Tóquio (Japão)

27/07/2021 01h41

Ketleyn Quadros enfrentou Catherine Beauchemin-Pinard nas quartas de final do judô até 63kg. A brasileira não resistiu a pressão da canadense e perdeu a chance de brigar pelo ouro nas Olimpíadas de Tóquio.

A luta começou muito travada. Porém, na reta final do duelo, já demonstrando cansaço, a representante do Brasil sofreu um ippon e acabou derrotada.

Sua participação nas Olimpíadas continua nesta madrugada, quando enfrentará a holandesa Juul Franssen na repescagem. Caso vença, poderá disputar o bronze.

Estreia positiva

Em sua estreia nas Olimpíadas de Tóquio, Ketleyn Quadros venceu Gankhaich Bold, da Mongólia, pelas oitavas de final da categoria até 63kg do judô feminino.

O começo da luta ficou marcado por muita análise de ambos os lados. Em dado momento, as duas foram punidas com um shidô.

Porém, do meio para o fim, a brasileira começou a impor pressão e garantiu um ponto após um wazari. Aproveitando o bom momento, Ketleyn anotou mais um wazari e conseguiu o ippon que garantiu sua vitória.

Começo com W.O.

A judoca brasileira Ketleyn Quadros venceu sua primeira luta por W.O. na categoria feminina até 63kg nas Olimpíadas de Tóquio. Segundo a organização dos Jogos Olímpicos, a adversária da brasileira, a hondurenha Cergia David, não bateu o peso da categoria e acabou cortada da disputa.

Em nota oficial, a Embaixada de Honduras no Japão disse que a atleta foi levada ao hospital para realização de exames. Os resultados apresentaram algumas complicações intestinais.

"A judoca hondurenha Cergia David Güity não lutará hoje. O Comitê Olímpico de Honduras informa que ela teve complicações intestinais que a obrigam a permanecer em repouso total", dizia o comunicado.