PUBLICIDADE
Topo

Atletas de MMA, jiu-jitsu e muay thai fazem ato por volta aos treinos em SP

Atletas de MMA, jiu-jitsu e muay thai fazem ato por volta aos treinos em SP - Divulgação
Atletas de MMA, jiu-jitsu e muay thai fazem ato por volta aos treinos em SP Imagem: Divulgação

Adriano Wilkson

Do UOL, em São Paulo

23/04/2020 17h08

Cerca de cem atletas e professores de artes marciais se reuniram hoje (23) na frente da Assembleia Legislativa de São Paulo para um ato pela reabertura das academias, que assim como a maior parte dos estabelecimentos comerciais do estado, estão fechadas como medida preventiva contra a pandemia do novo coronavírus.

Trajando uniforme de treino, os atletas apareceram de máscara, conversaram com a polícia e com o deputado estadual Altair Moraes (Republicanos), autor de um projeto de lei que pretende permitir a reabertura de parques e academias. Um dos participantes do ato foi o atleta Anderson Berinja dos Santos, do UFC.

O treinador Edy Dias, da Extreme Team, de Guarulhos, afirmou que o grupo pretendia inicialmente fazer uma manifestação, mas o encontrou acabou sendo uma reunião entre treinadores e atletas.

"Nossa categoria, professores e atletas de arte marcial, está sendo marginalizada porque estamos sendo impedidos de trabalhar. Os parques estão fechados, o que nos impede de dar [treinos de] personal fight nos parques. Condomínios também não estão podendo ter nenhum tipo de atividade física, as áreas de lazer estão fechadas. Reinvindicamos o direito de poder trabalhar de uma forma ou de outra."

Depois de um mês de medidas de isolamento social, o governador João Doria (PSDB) anunciou para maio a possibilidade de afrouxamento e reabertura de algumas atividades comerciais. Por enquanto, os planos não englobam academias e outras locais de prática esportiva.

Coronavírus