PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Competitividade, bola aérea e mais: o que observar no Botafogo contra o RB Bragantino pelo Brasileirão

04/07/2022 11h00


Após duas derrotas seguidas, o Botafogo volta a campo nesta segunda-feira, às 20h, para encarar o RB Bragantino, no Nabi Abi Chedid. Em um momento de turbulência na temporada, Luís Castro tenta superar as ausências dos desfalques e fazer jogos competitivos antes da possível chegada dos reforços na janela deste mês.

+ RB Bragantino x Botafogo: prováveis times, desfalques e onde assistir ao confronto pelo Brasileirão

Com isso, a equipe terá desfalques importantes para medir forças com o Massa Bruta, em Bragança Paulista. Por outro lado, três jogadores estarão de volta entre os relacionados. Diante disso, o Lance! elencou cinco fatores importantes para o torcedor botafoguense observar no time diante da equipe paulista.

+ Confira e simule a tabela do Campeonato Brasileiro

- Nível de competitividade:
Na última vez em que o Glorioso esteve em campo, foi amplamente dominado pelo América-MG, pela Copa do Brasil. Em determinados momentos, a equipe não teve força para competir e viu o adversário construir o resultado com tranquilidade. Nesta segunda, mesmo fora de casa, Luís Castro precisa fazer com que o elenco faça um duelo equilibrado.

- Retorno Triplo:
Entre os relacionados, tRês jogadores estarão de volta para ajudar a equipe. Entre eles, estão o zagueiro Victor Cuesta e o volante Luís Oyama. Os dois não puderam estar em campo contra o Coelho por já terem disputado a Copa do Brasil por outros times: Mirassol e Internacional, respectivamente. Além da dupla, Lucas Fernandes se recuperou de lesão e reforçará o grupo em Bragança.

- Inúmeros desfalques: Por outro lado, a lista de ausências é grande e ganhou mais alguns nomes. Carli e Chay estão suspensos após receberem o terceiro cartão amarelo contra o Fluminense. Diego Gonçalves voltou a sentir a posterior da coxa direita e também ficou de fora da lista de relacionados. Erisson e Lucas Piazon seguem com dores e ainda não irão retornar.

- Bolas aéreas defensivas: Contra o América-MG, o Botafogo sofreu com as bolas alçadas na área. Os três gols da equipe mineira foram construídos por meio de jogadas trabalhadas desta maneira, e em momento algum a defesa alvinegro conseguiu coibi-las. Diante do Massa Bruta, o desempenho terá que ser muito melhor para sair de campo com os três pontos.

- Atuação como visitante:
Apesar da oscilação, o Alvinegro tem um bom retrospecto fora de casa no Brasileirão. Até o momento, foram sete jogos, com três vitórias, dois empates e duas derrotas, tendo a sexta melhor campanha. Luís Castro tentará manter esses números para vencer o Massa Bruta e reconquistar a confiança do grupo para a sequência da temporada.

Futebol