PUBLICIDADE
Topo

Botafogo

Presidente do Botafogo garante permanências de Enderson e Freeland

Eduardo Freeland, diretor de futebol do Botafogo, e técnico Enderson Moreira - Vitor Silva/Botafogo
Eduardo Freeland, diretor de futebol do Botafogo, e técnico Enderson Moreira Imagem: Vitor Silva/Botafogo

08/12/2021 12h05

A espinha dorsal do 'fora de campo' do Botafogo fica para 2022. Pelo menos foi o que garantiu Durcesio Mello, presidente do clube, no evento de lançamento do "Museu Botafogo", que aconteceu na manhã de hoje (8), na sede de General Severiano.

O mandatário bancou as permanências do técnico Enderson Moreira e do diretor de futebol Eduardo Freeland para a próxima temporada. Vale lembrar que o treinador ainda não assinou a renovação porque quer garantias de recursos para contratações.

"Com certeza. O Enderson vai ficar, assim como o Freeland. São importantíssimos para esse projeto de 2022", disse.

A parte financeira também está sendo trabalhada, assegurou Durcesio. O presidente afirmou que o clube está perto de conseguir recursos financeiros para viabilizar reforços para o elenco.

"A gente está tentando viabilizar recursos para contratar jogadores desde já, e renovar com os atuais [jogadores] dessa espinha dorsal que temos. E estamos muito próximo de poder anunciar isso para começar as contratações desde janeiro", completou.

Botafogo