PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Análise: O que muda no São Paulo com a volta de Liziero no meio?

12/06/2021 08h00


Nesta sexta-feira (11), o São Paulo recebeu uma grande notícia após sofrer com desfalques nas últimas partidas: Liziero está de volta à equipe após servir a seleção olímpica brasileira. Com isso, o time deve recuperar, em parte, a sua formação titular no meio de campo, carecendo, ainda do volante Luan. Com a volta de Liziero, a qualidade de criação e a estrutura do time devem melhorar.


CONFIRA A TABELA ATUALIZADA E SIMULE OS JOGOS DO BRASILEIRÃO DE 2021!

O papel de Liziero no time titular é extremamente dinâmico. Ao lado de Luan, o jogador exerce uma função de um segundo volante, acumulando valências defensivas e ofensivas.

Com o bom rendimento em uma função tão crucial para o funcionamento do time, o camisa 14 é uma das principais peças para a equipe montada por Hernán Crespo, com ritmo e criação. 

O problema, porém, segue sendo a ausência de Luan. É justamente a presença do volante que faz com que Liziero ou outros meias tenham maior liberdade para subir ao ataque. Na partida contra o Atlético Goianiense, jogando com Shaylon e Rodrigo Nestor, que não são marcadores, o time sofreu tanto com prejuízos defensivos no meio de campo tanto quanto a falta de liberdade, com dois atletas de funções semelhantes.

Mais defensivo do que Nestor e Shaylon, Liziero pode e deve exercer função de contenção no meio de campo. Provavelmente acompanhado por Rodrigo Nestor, o volante deve permitir que o jovem ganhe mais liberdade e possa fazer o que faz de melhor, subir ao ataque, se aproximar da área adversária e agregar na criação.

Diante de um time ofensivo e forte como o do Atlético Mineiro e jogando fora de casa, é improvável que o São Paulo se abra muito para o jogo, o que reforça a necessidade de que Liziero ocupe um papel mais recuado no meio de campo, sendo mais importante na estrutura do time do que em possíveis infiltrações no campo de ataque.

Liziero tem experiência atuando como lateral, um papel de defesa, e deve usar isso a seu favor para atuar como primeiro volante até a volta de Luan ao time titular.

Canhoto e mostrando muita habilidade na criação ofensiva e em infiltrações na área, resultando, inclusive, em gols, o papel ideal do camisa 14 seria de fato o segundo volante, mas, dados os desfalques e o elenco do Tricolor, é crucial que o jogador se incumba de funções mais defensivas.

O São Paulo enfrenta o Atlético Mineiro neste domingo, às 16h, no Mineirão, pela terceira rodada do Brasileirão. Com um empate diante do Fluminense na primeira rodada e uma derrota contra o Atlético Goianiense na segunda partida, o time segue em busca de sua primeira vitória no torneio.

Futebol