PUBLICIDADE
Topo

Athletico

Avaí e Athletico ficam no empate em primeiro jogo da Copa do Brasil

Avaí e Athletico-PR empatam no primeiro jogo da terceira fase da Copa do Brasil - Reprodução/Twitter
Avaí e Athletico-PR empatam no primeiro jogo da terceira fase da Copa do Brasil Imagem: Reprodução/Twitter

03/06/2021 20h54

Classificação e Jogos

Avaí e Athletico-PR empataram em 1 a 1, hoje, pelo primeiro jogo da terceira fase da Copa do Brasil. Em um duelo equilibrado, os visitantes abriram o placar com Renato Kayzer. Jonathan deixou tudo igual na segunda etapa.

O Athletico recebe o Avaí na Arena da Baixada na próxima quarta-feira, às 19h, pelo segundo jogo. O vencedor se classifica para as oitavas de final da competição.

Antes, porém, as equipes entram em campo pelo Brasileirão. O Avaí recebe o Brusque, no próximo domingo (6), às 20h30 pela Série B. Já o Athletico Paranaense visita o Juventude no mesmo dia, às 18h15, pela Série A.

Começo de erros

Logo de início, o Avaí foi para o ataque e após cruzamento da esquerda, Lourenço entrou na área, mas não alcançou a bola. Logo depois, Glédson errou na saída de bola, Richard roubou e acionou Renato Kayzer, que driblou a marcação e arrematou em cima do goleiro. Novamente, os mandantes tentaram a abertura do placar, desta vez com Júnior Dutra encontrando bom passe, mas novamente Lourenço errou, chutando por cima.

Mais tarde, aos 25 minutos, Carlos Eduardo recebeu, cortou o zagueiro na área e bateu bonito, no canto esquerdo do goleiro. Até o momento, foi o lance mais perigoso da partida. Na sequência, Edílson cobrou falta, a bola desviou na barreira e foi para as mãos de Santos, que defendeu tranquilamente.

Gol? Sim, gol!

Aos 34 minutos, após bate e rebate na área, a zaga do Avaí deu um chutão, a bola bateu em Renato Kayser e foi para as redes. Artilheiro, que fala, né? Abrindo o placar para o Furacão. Logo depois, em contra-ataque rápido, Nikão deixou para Carlos Eduardo cruzar na área para Alan Costa afastar.

Afiado, novamente os visitantes chegaram com perigo em um contragolpe. Renato Kayzer entrou na área e tocou para Nikão chutar forte e Glédson fez defesa com as pernas.

Glédson aparecendo novamente

Logo aos cinco minutos, os visitantes apareceram no ataque. Assim, Carlos Eduardo cruzou na direita, Kayzer desviou e a bola ficou com Khellven. O lateral arriscou chute rasteiro e Glédson fez ótima defesa. O camisa 83 do Leão voltou a aparecer aos 10', após uma bomba de fora da área de Nikão.

Novamente em velocidade, Carlos Eduardo tocou para Nikão entrar na área, mas na hora de devolver para Cadu, mandou mal. A resposta do Avaí foi com Renato, que entrou no lugar de Júnior Dutra. O meia pegou de primeira, para cruzar na área, a bola foi direto para o gol e Santos segurou.

Troca mágica!

Aos 27', Nikão recebeu bom passe, ajeitou e chutou firme no alto, mas Glédson apareceu para espalmar.

Um minuto depois, o técnico Claudinei Oliveira promoveu três substituições e uma delas foi a entrada de Jonathan, que logo surgiu efeito. Marcos Serrato, que também entrou na segunda etapa, entrou na área, tentou o passe, a bola voltou para o meia que tocou novamente para Jonathan, que girou a chutou cruzado no canto de Santos para empatar o duelo.

Por pouco, o Athletico não acabou com a alegria dos mandantes. Christian fez ótimo cruzamento para Carlos Eduardo entrar na área e cabecear por cima.

FICHA TÉCNICA DA PARTIDA
AVAÍ 1 X 1 ATHLETICO
Local: Estádio da Ressacada, Florianópolis, SC.
Data/Horário: 3 de junho de 2021 (quinta-feira), às 19h00
Árbitro: Dyorgines Jose Padovani de Andrade - ES
Assistente 1: Fabiano da Silva Ramires - ES
Assistente 2: Vanderson Antonio Zanotti - ES
Quarto árbitro: Fernando Henrique de Medeiros Miranda - SC
Gols: Renato Kayzer (34'/1T) (0-1), Jonathan (29'/2T)
Cartões amarelos: Pedro Henrique, Nikão e Richard (Athletico), Bruno Silva (Avaí)

AVAÍ: Glédson; Edílson, Alan Costa, Fagner Alemão e Diego Renan; Bruno Silva, Giovanni (Marcos Serrato 28'/2T) e Lourenço (Valdívia 28'/2T); Vinícius Leite (39'/2T), Getúlio (Jonathan 28'/2T) e Júnior Dutra (Renato 16'/2T). Técnico: Claudinei Oliveira.

ATHLETICO: Santos; Khellven (Marcinho 43'/2T), Pedro Henrique, Thiago Heleno e Nicolas; Richard; Christian (Léo Cittadini 37'/2T) e Carlos Eduardo (Jadson 34'/2T); Vitinho (Canesin 34'/2T), Nikão e Kayzer (Vinicius Mingotti 34'/2T). Técnico: António Oliveira.

Athletico