PUBLICIDADE
Topo

Athletico

Internautas criticam Athletico por contratar Marcinho: "Assassino na área"

O lateral-direito Marcinho, reforço do Athletico-PR - Fabio Wosniak/Athletico-PR
O lateral-direito Marcinho, reforço do Athletico-PR Imagem: Fabio Wosniak/Athletico-PR

28/03/2021 15h07

Cerca de quatro meses após atropelar e matar duas pessoas, o lateral Marcinho foi anunciado pelo Athletico-PR, neste domingo. Sem clube desde janeiro deste ano, o jogador foi denunciado pelo Ministério Público pelo acidente no Recreio dos Bandeirantes, na Zona Oeste do Rio, em dezembro. O atleta, que assumiu o crime, responderá por homicídio culposo na direção de veículo. O tema gerou revolta no Twitter.

O Athletico-PR anunciou a contratação do lateral-direito com vínculo até o fim da temporada. Essa será a primeira equipe do atleta de 25 anos de idade após a saída do Botafogo, clube que defendeu de 2013 até 2020. No ano passado, Marcinho encerrou sua passagem pelo Botafogo depois de uma séria lesão no joelho a qual continua carecendo de tratamento, que será complementado no CT do Caju.

Nas redes sociais, os torcedores lembraram o caso onde o atleta admitiu ter atropelado um casal. Marcinho será indiciado por homicídio culposo (quando não há a intenção de matar). O caso com os professores Maria Cristina José Soares e Alexandre Silva de Lima aconteceu em 30 de dezembro, por volta de 20h30.

"Joga muito, mas, infelizmente, não tem como apoiar uma contratação dessa. Eu entendo que ele precisa se ressocializar, mas eu achei desnecessário o clube queimar a cara com isso! Ele matou um casal e não consigo pensar nada mais além disso", escreveu uma torcedora.

"Assassino na área aí," publicou outro.

Veja a reação dos internautas:

Athletico