Topo

Futebol


Sub-17: Nos pênaltis, México vence Holanda e vai à final do Mundial

14/11/2019 18h54

Em duelo dramático nos pênaltis, o México confirmou vaga à final da Copa do Mundo Sub-17. Nesta quinta-feira, El Tricolor e Holanda empataram no tempo regulamentar por 1 a 1. Os gols foram marcados por Regger, para os holandeses, e Álvarez, para os mexicanos. Nas penalidades, o goleiro García pegou três cobranças e selou triunfo por 4 a 3 e a classificação, no Bezerrão, no Distrito Federal.

Agora, o México espera o confronto entre Brasil e França, que acontece nesta quinta-feira, para saber seu adversário na decisão. O duelo final será no domingo, às 19h, no Estádio Bezerrão.

POUCAS EMOÇÕES

Ao se tratar de uma semifinal, Holanda e México não tiveram um grande desempenho no primeiro tempo. Os holandeses tiveram mais finalizações, porém a maioria delas sem muito perigo. Junto a isso, reteve 64% de posse de bola, mas a criatividade não foi suficiente para balançar a rede. A melhor chance apareceu com Ünüvar e chegou a marcar para a Laranja Mecânica, porém o VAR anulou por falta no goleiro García.

SERIA UM CARROSSEL?

O nome dado à Holanda em 1974 por conta de um estilo agressivo de buscar o gol, foi visto no segundo tempo pela equipe Sub-17. A equipe comandada por Kees van Wonderen foi ofensivo e mostrou intensidade. Depois de tanta insistência, a equipe holandesa foi coroada. O zagueiro Bogarde fez linda jogada pela esquerda e colocou nos pés de Regger.

QUE BATIDA!

O México, por sua vez, foi bem apático e não conseguia continuidade às jogadas. A bola parada foi uma das armas. Já tinha acontecido em cobrança de escanteio. Em cobrança de falta, Álvarez bateu forte de perna esquerda e mandou no ângulo de Raatsie. Foi o empate e a partida foi para as penalidades.

PÊNALTIS

A primeira penalidade foi batida pelo México. Álvarez, que igualou a partida, deu uma cavadinha, mas Raatsie defendeu. Na sequência, Maatsen e Ünüvar, para os holandeses, e Muñoz e Gómez, para os mexicanos, converteram. Depois, Taabouni e Braaf perderam para a Laranja Mecânica, mas Gómez pecou no preciosismo e errou para os mexicanos. Antes, Pizzuto teria convertido. Hansen e Guzmán também balançaram a rede. Na 12ª cobrança, Regeer bateu mal e García brilhou.

Futebol