Topo

Giggs diz que era CR7 quem "fazia a diferença" no Manchester United

Cristiano Ronaldo comemora com Giggs após marcar para o Manchester United - Matthew Peters/Manchester United via Getty Images
Cristiano Ronaldo comemora com Giggs após marcar para o Manchester United Imagem: Matthew Peters/Manchester United via Getty Images

23/10/2019 11h35

Um dos maiores ídolos da história do Manchester United, o ex-atacante Ryan Giggs exaltou a evolução de Cristiano Ronaldo como jogador e ressaltou que era o português que fazia a diferença no United no passado, mesmo em uma equipe que contava com Scholes, Rooney e Tevez.

"Ele chegou no United muito novo. Jogamos com ele na pré-temporada e vimos que tinha talento. No primeiro jogo dele (contra o Bolton) conseguiu agradar os torcedores, mas depois houve uma queda. Foi um começo difícil, mas de repente tudo mudou. Mesmo em uma equipe que tinha Scholes, Rooney, Tevez, era o Ronaldo quem poderia fazer a diferença", pontuou ao "beIN Sports".

No Manchester United, Cristiano Ronaldo participou de 292 jogos, marcou 118 gols e concedeu 68 assistências. Lá, conquistou sua primeira Liga dos Campeões (2007/08) e Bola de Ouro (2008), além de três Campeonatos Ingleses. Giggs relembrou o início difícil e a transformação do craque.

"É fenomenal aquilo que Cristiano tem feito, assim como Messi. Quando pensamos no que Cristiano era no passado e olhamos para o agora, ele era um ponta que driblava jogadores. Nunca poderíamos pensar que ele seria um dos maiores artilheiros. Ele se transformou em um jogador muito eficaz. Ele não se envolve muito na construção, mas quando a bola está perto da área, ele consegue acertar em cheio nela. Pé direito, esquerdo, cabeça, pênaltis, faltas, tudo!", elogiou Giggs.

Manchester United