Topo

Futebol


Deyverson chega a 4 jogos sem gols, e Palmeiras vive impasse no ataque

21/07/2019 10h30

Deyverson passou em branco pelo quarto jogo consecutivo no sábado, contra o Ceará. Sem balançar as redes desde antes da pausa para a Copa América, o atacante vê seus rivais no elenco em baixa e a torcida pedir por reforço, mas o clube trata o assunto com cautela.

Centroavante favorito de Luiz Felipe Scolari, o camisa 16 é o vice-artilheiro de 2019, com seis gols. Esta, porém, é a terceira vez em que ele completa quatro jogos sem marcar no ano - a sequência anterior foi quebrada justamente por seu último gol, na vitória por 2 a 0 sobre o Avaí, dia 13 de junho.

Borja e Arthur Cabral são os outros jogadores para a posição, mas mal entram. Felipão reveza a dupla no banco de reservas - enquanto Deyverson tem 26 partidas no ano, o colombiano fez 14 (e marcou três gols), e o ex-jogador do Ceará apenas cinco (um gol).

Diante da má fase do trio, os torcedores pedem com frequência a contratação de mais um centroavante. A diretoria do Palmeiras, ainda que já tenha feito contatos no mercado, entende que precisaria negociar um dos três para buscar mais algum atleta.

Tanto Deyverson quanto Borja foram contratados graças à Crefisa - o valor investido é de cerca de R$ 50 milhões nos dois e deverá ser ressarcido à patrocinadora. Caso o colombiano não seja negociado até o dia 17 de agosto, o Verdão ainda precisará pagar outros R$ 11 milhões ao Atlético Nacional (COL).

Arthur, por sua vez, foi contratado no ano passado, quando Felipão ainda não havia assumido. O Palmeiras gastou R$ 5,5 milhões na ocasião.

Futebol